MunicípiosSLIDE

Ministério garante conclusão do trecho IV do Canal do Sertão Alagoano

Serão disponibilizados R$ 226 milhões para a conclusão dos serviços. 11/07/2018

O Ministério da Integração Nacional garantiu, nesta quarta-feira (11), a continuidade das obras do trecho IV do Canal do Sertão Alagoano. O objetivo é assegurar oferta de água à população que convive com a seca mais severa dos últimos 102 anos.

Serão disponibilizados R$ 226 milhões para a conclusão dos serviços. Os recursos, solicitados ao Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, são parte da carteira de empreendimentos prioritários da União para o período de 2019-2022.

A iniciativa foi baseada na recomendação do Tribunal de Contas da União (TCU) após auditoria operacional sobre o planejamento dos investimentos federais em infraestrutura hídrica.

O investimento já garantido será repassado ao Governo do Estado, responsável pela execução do empreendimento, de acordo com o avanço das obras. Do total, R$ 61 milhões deverão ser aplicados ainda este ano.

Desde 2015, as três primeiras etapas do Canal do Sertão Alagoano já beneficiam cerca de 160 mil pessoas em seis cidades no interior do estado: Delmiro Gouveia, Pariconha, Água Branca, Olho D’água do Casado, Inhapi e Senador Rui Palmeira.

A conclusão do trecho IV – com 30 quilômetros – permitirá que as águas do Rio São Francisco cheguem às famílias do município de São José da Tapera, que conta com mais de 32 mil habitantes.

Localizado a cerca de 300 quilômetros da capital Maceió, o Canal do Sertão capta a água do Velho Chico em Delmiro Gouveia (AL) e a conduz pelas estruturas por quase 93 quilômetros. Desde o início do empreendimento, o Ministério da Integração Nacional já repassou R$ 588 milhões para a obra.

No total, o Canal do Sertão Alagoano foi projetado para atender 42 municípios. Além da garantia de abastecimento de água à população, o empreendimento deverá estimular a pecuária e piscicultura nas regiões atendidas.

Fonte: Assessoria do Ministério da Integração Nacional

Facebook Comments

Artigos relacionados

Veja Também

Fechar
Fechar