ANADIA -AL .SLIDESLIDE Anadia-AL

Conseg anuncia advertência contra PM que gravou mulher morta; confira vídeo!

Caso teria ocorrido em Anadia; militar cobrou ações que amenizem ocorrências | Por Regina Carvalho | 06|08|2018 | 15:53

Imagens feitas pelo policial militar mostram corpo de mulher que se suicidou ainda enforcado | Foto: Reprodução 

Um vídeo reproduzido nas redes sociais que expõe uma mulher, que teria cometido suicídio no interior de Alagoas, levou o Conselho Estadual de Segurança Pública (Conseg) a questionar a postura e anunciar advertência ao policial militar que gravou e expôs o corpo da vítima.

No vídeo, o policial militar lamenta mais um caso de suicídio e faz relação entre a situação de pobreza e ato extremo que levou à morte da mulher. 

O PM diz que está à espera do Instituto de Criminalística (IC) em Anadia e cobra ações que amenizem o registro desse tipo de ocorrência.

“É preciso que o comando da Polícia Militar oriente para não expor, porque é agressiva e descabida. Como é que tem um ambiente, uma situação dessas e a polícia chega e filma?  Ali, ele (PM) estava representando o Estado, usando a farda. É preciso ter limites de como expor e expor o outro”, declarou o vice-presidente do Conseg, advogado Antônio Carlos Gouveia. 

O vice-presidente do Conseg reforça que o colegiado recebeu o vídeo e que ficou estarrecido com a exposição feita da vítima. “O policial tem que cumprir regras e normas do regimento. Tem que ter limite de ação. Imagine a família dessa vítima”, acrescenta Antônio Carlos Gouveia.

O advogado lembra que o Comando-Geral da PM deve orientar a tropa para evitar a exposição de vítimas e situações degradantes. “Nunca se deve invadir a privacidade de alguém e expor dessa forma”, concluiu.

A Gazetaweb entrou em contato com a 1ª Companhia Independente responsável pelo policiamento em Anadia, cidade onde ocorreu o suicídio, e foi informada que um oficial vai investigar o caso. 

Fonte: Gazeta Web

Facebook Comments

Artigos relacionados

Fechar