Brasil

De olho no Enem, candidatos intensificam rotina de estudos

10 de agosto de 2018 | 08:17 | Para alcançar objetivos, além dos cursinhos preparatórios, vale até criar técnica para colocar em prática em casa

Estudante Maria Luiza Nunes diz que desde que entrou no Ensino Médio vem se preparando para o exame (Foto: Edilson Omena)

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) será realizado nos dias 4 e 11 de novembro, mas os estudantes alagoanos já intensificaram os preparativos para o exame. Em um cursinho pré-vestibular de Maceió, a rotina de estudos é constante desde início do ano.

“Comecei no final de Dezembro a me preparar para o Enem. E a rotina está bem puxada. Acredito que esse é o momento certo para intensificar os estudos e focar no objetivo”, disse a estudante Lara Beatriz de 17 anos.

PUBLICIDADE

De acordo com Lara, a rotina de estudo dela é de 15h por dia. “Retornei para o cursinho e em casa tenho minhas técnicas. Faço os meus resuminhos (a parte mais importantes dos assuntos) para não ter que estudar tudo”, conta.

A estudante faz Serviço Social e pretende ingressar em Medicina e para alcançar os objetivos ela não desgruda dos livros. “Estudo todas as áreas do conhecimento. Mas foco principalmente nas disciplinas de exatas que têm grande peso. Cada assunto eu planejo meia hora de estudo”, disse Lara.

Outra que além das aulas do cursinho também criou técnicas para intensificar os estudos foi Maria Luiza Nunes. Ela ressalta que desde o ensino médio já vinha tentando se preparar para o Enem.

“Desde 2015 quando ingressei no ensino médio venho me preparando para o exame. E agora que conclui, intensifiquei minha rotina de estudos para alcançar o ensino superior”, comenta Maria Luiza.

A estudante que vem todos os dias de União dos Palmares para o cursinho em Maceió disse que criou um planejamento para estudar. “Como moro fora e vou de ônibus sempre uso o percurso para estudar. Em casa também, como tenho muito tempo, foco nos estudos. Minhas maiores dificuldades são em matemática, física e redação. São matérias de peso e principalmente redação. Por isso, os focos maiores são nelas”, ressalta.

A estudante afirma que sempre tentar se atualizar e seguir as dicas dadas em sala de aula para fazer uma boa prova. “A redação sempre é uma caixinha de surpresa. Então, costumo seguir todas as dicas e ficar antenada nos temas atuais”.

Tranquilidade e planejamento estão entre dicas de professores

 

Exame Nacional do Ensino Médio será em novembro, mas rotina de estudos já é intensificada pelos candidatos a vagas nas universidades (Foto: Edilson Omena)

A professora de química Silerleide Dantas disse que a dica mais importante para se fazer uma boa prova é a tranquilidade.

“A dica principal é a tranquilidade e manter um ritmo de estudos nesta reta final. Recapitular os conteúdos, focar naqueles que têm menos afinidades para aprimorar o conhecimento”, explica Sirleide.

Outra dica que a professora dá é para que o aluno baixe provas de anos anteriores e tentem responder os questionários. “Aqui fazemos o intensivão para aprimorar os conteúdos e aprendizado do aluno. Como sou professora de química procuro lecionar os assuntos que geralmente podem cair nas provas. Fazemos uma associação de temas dos três anos do ensino médio. Usando as fórmulas até chegar nos resultados. Como química faz parte da disciplina de peso não dá para deixar assuntos pendentes. Usamos todos os artifícios que podemos com muita dinâmica, a fim de estimular o aluno a querer aprender cada vez mais aquele assunto”, explica a professora.

O coordenador pedagógico e professor de biologia Luzinário Barbosa também orienta os estudantes para que tenham um bom resultado. “A técnica na verdade é o aluno ter paciência, perseverança e manter a rotina de estudos. Eles têm que cumprir os horários estipulados para estudar e se atualizar. Sempre devem buscar muita leitura, ler reportagens de temas atuais e que estejam na mídia e não decorar nenhum assunto. Tem que aprender. O grande foco é saber interpretar as leituras”, explica.

O professor ressalta ainda que a preparação sem dúvida é muito importante para se chegar ao objetivo. “Determinação e planejamento para estudar é essencial. Tirar as dúvidas olho no olho com o professor também é uma dica para se dá bem. Além disso,  fazer resumos, praticar a redação e ler muito. Quem não lê geralmente não acompanhada as tendências. Não dá para adivinhar os temas da redação”, ressalta.

Segundo Luzinário, muitos alunos procuram focar na redação. No cursinho eles tiram as dúvidas e são orientados de um a um durante a correção com as professoras.

Andréa Lima, umas das professoras, orienta os alunos de um a um com as redações em uma sala específica e auxilia nas técnicas de redação para que cada aluno consiga identificar onde tem mais dificuldades.

Fonte: Tribuna Hoje

 

PUBLICIDADE

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar