FETAG/ FETAR- ALAGOASSLIDE

VI Conferência Mundial inicia com grande intercâmbio entre organizações regionais e nacionais

Por Gabriella Avila | 26|03|2019 às 14:06

Foto: Arquivo Pessoal
 
A VI Conferência Mundial da Agricultura Familiar já começou o trabalhos com muitos compartilhamentos de ideias e atividades coletivas. O primeiro tema abordado logo nas boas vindas aos participantes foi o Pilar 5, uma das metas da Década da Agricultura Familiar, que trata do fortalecimento das organizações da agricultura familiar, e que está muito relacionado aos objetivos da Conferência. 
 
Na sequência, iniciou-se o Intercâmbio para reforço de capacidade e melhora dos serviços das organizações de produtores em contribuição ao Plano de Ação da Década da Agricultura Familiar, que uniu entidades das cinco regiões continentais, entre elas a Confederação Internacional de Organizações de Produtores Familiares do Mercosul Ampliado (COPROFAM), e também organizações mundiais, em uma grande reunião de troca de experiências de trabalho.
 
 
Alberto Broch, vice-presidente e secretário de Relações Internacionais da Confederação Nacional dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares (CONTAG) e secretário Geral da COPROFAM, que representou as Confederações na atividade, destacou um fato inédito neste momento de intercâmbio: “Foi a primeira vez que se reuniu tantas organizações distintas de todo o mundo em um só debate. Foram 16 redes regionais de todos os continentes, e duas organizações mundiais muito importantes, a Via Campesina e a Organização Mundial das Aduanas (OMA). O resultado dessa reunião foi muito produtivo!”, diz.
 
 
Em um segundo momento, foram formados grupos de trabalho, divididos por idioma, para debater temas compatíveis com as abordagens do Pilar 5. Como “Capacidade organizativa e bom governo” e “Produção sustentável e serviços relacionados”.
 
O dia se encerrou com seminário sobre as estratégias acerca da Década da Agricultura Familiar e compartilhamento dos resultados das discussões do dia. Amanhã o evento segue com momentos de debates voltados para as mulheres e os jovens agricultoras e agricultores familiares, e outras atividades de âmbito global, com as contribuições da secretária de Mulheres da CONTAG, Mazé Morais e da secretária de Jovens, Mônica Bufon. 
 
 
Fonte: Correspondente da COPROFAM – Gabriella Avila
 
 

Facebook Comments

Artigos relacionados

Fechar