PoliticaSLIDE

Apoiadores de Bolsonaro vão às ruas de Maceió para defender presidente

Organizadores da mobilização declaram que é preciso fortalecer, apoiar medidas e combater a corrupção | Por Greyce Bernardino e Regina Carvalho | 26|05|2019 às 13:40

Apoiadores do presidente Jair Bolsonaro marcaram presença em ato | FOTO: GREYCE BERNARDINO. Apoiadores do presidente da República ocuparam parte da orla de Maceió, neste domingo (25) nublado, para mais um ato pró-Bolsonaro que enfrenta críticas ferrenhas por defender medidas polêmicas e não conseguir estancar a fragilidade de sua articulação política. A mobilização que nasceu como uma proposta anti-STF, mudou o foco, virou um momento de demonstração de apoio à reforma da Previdência e ao pacote anti-crime, do ministro Sérgio Moro. 

Organizadores estimam que o ato – iniciado na Praça Vera Arruda, na Jatiúca  – reuniu mais de 20 mil pessoas, informação não confirmada pela Polícia Militar. Alagoanos disseram declarar apoio aos projetos de Jair Bolsonaro (PSL), que tramitam no Congresso Nacional.

Apoiadores declaram que é preciso fortalecer, apoiar medidas e combater a corrupção | FOTO: GREYCE BERNARDINO

Alexandre Gusmão, do Movimento Brasil Livre (MBL), caracterizou o movimento como inédito, além de destacar a importância dos brasileiros em defender seus direitos no Congresso. “O que estamos fazendo hoje aqui é algo que ficará marcado. A sociedade está se mobilizando para pedir agilidade na justiça. Isso é a prova de uma sociedade que defende seus ideais com consciência”, disse ele. 

Eduardo Ramalho, também do MBL, se disse orgulhoso com a presença dos apoiadores do presidente no ato, destacando, ainda, o objetivo do evento para o futuro da nação. “O que temos que observar aqui é que estamos apoiando um governo que quer elevar o Brasil, que é contra a corrupção. Ninguém está sendo pago para manifestar, pelo contrário, estamos no ato para garantir o futuro dos nossos filhos, da nossa família”, frisou.

A advogada Taís Barbosa, 34 anos, marcou presença no ato. Ela afirmou que a proposta não é defender Bolsonaro, mas sim chamar a atenção da população e dos parlamentares para a necessidade da aprovação de pautas que o grupo considera importantes.

“Queremos avançar em alguns assuntos que ficaram esquecidos, isso independentemente de classe, de raça, de idade. A gente não precisa criar um distanciamento do governo. Nosso presidente está no sentido certo, e agora está nas nossas mãos concretizar tudo isso”, falou.

Apoiadores de Bolsonaro vão às ruas em Maceió | FOTO: GREYCE BERNARDINO

Fonte: Gazeta Web

Facebook Comments

Artigos relacionados

Fechar