Home NotíciasPolicia Segurança Pública apresenta cinco presos suspeitos de homicídios em Maceió

Segurança Pública apresenta cinco presos suspeitos de homicídios em Maceió

Por Alagoas Brasil Noticias

Além dos cinco, dois reeducandos do sistema prisional também tinham envolvimento

No início da tarde desta quarta-feira (25) a Secretaria de Segurança PúblicPRESOSa apresentou o
resultado da primeira de várias operações programadas para o período do feriado de Corpus Christi. Foram cumpridos mandados e as forças policiais detiveram cinco pessoas, confirmaram o envolvimento de dois reeducandos do sistema prisional e informaram sobre um suspeito que trocou tiros com os militares do Batalhão de Radiopatrulha (BPRp), vindo a falecer ao dar entrada no Hospital Geral do Estado (HGE).

Foram presos em cumprimento de mandados Willames Cléber dos Santos, Everton Luís de Oliveira, Alisson Costa da Silva e Manoel João da Silva. A Operação Policial Litorânea Integrada (Oplit) prendeu Cleverton de Oliveira Silva em flagrante. Contra Cleverton existia mandado em aberto por homicídio. Além dos cinco, foi constatado o envolvimento de dois detentos: Cícero Alexandre Silva dos Santos e José Alecsandro da Silva Santos.

O único que reagiu às prisões foi Jailson Santos, conhecido como ‘Bahia’ ou ‘Axé’. Ele chegou a atirar e atingiu o colete à prova de balas de um dos militares da Radiopatrulha. Ao revidar, a PM o feriu. A guarnição encaminhou o suspeito ao HGE, onde ele não resistiu aos ferimentos. Jailson era considerado pela SSP como o elo entre os reeducandos e os suspeitos que estavam fora do sistema.

Uma gravação de Jailson interceptada pelo setor de inteligência mostra que ele era contra queima de ônibus, porém apoiava a queima de viaturas e bases comunitárias. “Qualquer bandido que se contrapor a operação policial vai tombar. Não vamos tolerar mortes de policial”, declarou o secretário.

As prisões foram realizadas nos bairros do Vergel, Benedito Bentes e Cruz das Almas, onde foi feito o flagrante. A ocorrência onde houve resistência ocorreu na Santa Lúcia.

(Foto: Bruno Martins)

Coletiva na SSP nesta quarta

Tirando apenas o detido em flagrante, todos os outros teriam envolvimento com dois homicídios cometidos em 9 e 17 de março. Os suspeitos desconfiaram que as vítimas, um homem e uma mulher, estariam passando informações sobre a organização criminosa para a polícia ou para grupos rivais. O que a polícia confirma é o envolvimento das vítimas com o tráfico de drogas.

A investigação apontou que Willames e Everton têm participação no homicídio em que a vítima foi um homem. No assassinato da mulher, participaram Alisson e Manoel, além dos reeducandos Cícero e José Alecsandro.

O secretário de Segurança Pública, coronel Lima Júnior, relatou que as operações que serão realizadas nos próximos dias acontecem na capital e no interior do estado e o objetivo é deter homicidas nos dias do feriado. Ele ressaltou o trabalho da mesa de situação da SSP e o estreitamento com o judiciário, responsável pela emissão dos mandados.

Os tipos de operação como a ‘Sossego’, realizada em abordagens a ônibus e transportes coletivos, visam prevenir a queima de ônibus na capital, fato que tem se tornado comum quando existe insatisfação dentro do sistema prisional, como no caso atual da greve dos agentes penitenciários.

Lima Júnior informou que já foram detidos 13 indivíduos com galão de gasolina, outro foi detido quando ia tocar fogo em ônibus. Ele foi contido pela Rp. “As explicações deles são as mais distintas. Estamos fazendo essas operações para que o caos não chegue”, relatou o secretário.

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário