Home Uncategorized O mitômano mente compulsivamente para atender o seu espírito enganador

O mitômano mente compulsivamente para atender o seu espírito enganador

Por ABN - ALAGOAS BRASIL NOTICIAS

O mentiroso compulsivo, detentor de desvio de caráter, presente principalmente na política partidária, necessita mentir para alimentar o seu espírito e a sua alma de mercenário 

MENTIROSO

O mitômano, ou seja, o mentiroso compulsivo é mesmo detentor de mau caráter. Ele mente 24 horas do dia e da noite para satisfazer o seu espírito, a sua alma, pois só assim ele se sentir o suprassumo dos seres humanos. Esse personagem mente com tanta convicção que é capaz de crer na própria mentira. Faz da mentira sua principal qualidade.

O mitômano inverte qualquer tipo de valor, principalmente o de ordem moral; ele troca a verdade pela mentira, a essência pela superficialidade, a lealdade pela traição, o conteúdo pela aparência e a discrição pela comunicabilidade.

O mentiroso compulsivo está presente em todos os segmentos sociais, mas é na política partidária que testemunhamos suas ações deletérias. Essa figura adora “trabalhar” na política, especialmente no período eleitoral, uma vez que as oportunidades para por em prática todo o seu potencial surgem constantemente.

Cara de pau, óleo de peroba, cínico, hipócrita e gozador, o mitômano adora enganar as pessoas, pois sente um bem-estar imensurável semelhante ao orgasmo. Quando percebe a falta de senso crítico da pessoa, o mentiroso compulsivo a transforma em objeto de seus prazeres doentios jogando para lá e para cá num eterno jogo de marionete. Ele gosta de manipular e envolver fazendo crer que é verdadeiro o que afirma e promete.

Ele maquia um fato que aparenta ser real e incute na mente do senso comum a acreditar nessa “realidade”. O mentiroso compulsivo quando está investido de um cargo eletivo ele teatraliza os discursos e incorpora o espírito da verdade e da transformação envolvendo as massas no seu projeto demagógico e faccioso.

Só o tempo consegue desmascarar o mitômano, que mesmo assim insiste em passar gato por lebre.

Apesar de tirar o véu que oculta o seu mau caráter, o tempo não consegue impedir os danos que o mitômano provoca à sociedade, pois sua vaidade e falácia são práticas e eficientes.

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário