Home NotíciasPolicia Operação prende 11 suspeitos de envolvimento com o tráfico na cidade de Viçosa

Operação prende 11 suspeitos de envolvimento com o tráfico na cidade de Viçosa

Por Alagoas Brasil Noticias

Município chegou a figurar como o 3º mais violento de Alagoas; prisões aconteceram nesta sexta

TRAFICO

A Secretaria de Segurança Pública (SSP) apresentou, na tarde desta sexta-feira (10), 11 suspeitos de tráfico de drogas, roubos e homicídios presos durante operação realizada na Zona da Mata alagoana. Do total, nove são homens. Na ação, foram cumpridos 34 mandados de prisão por tráfico e associação criminosa.

De acordo com a polícia, a área de atuação do bando criminoso era a cidade de Viçosa que, ao longo dos últimos meses, chegou a figurar como 3º município onde mais se matava em Alagoas. Os inquéritos policiais abertos apontam para a participação de integrantes desse grupo criminoso nos assassinatos.

Os suspeitos foram identificados como Maygor da Silva Dantas, 26 anos, apontado como líder do grupo; Marciel da Silva Danyas, de 30 anos; Antônio Lucas Gama da Silva, o “Didi”, de 24 anos; Manoel Anderson Ferreira da Silva, de 21 anos;Wilamens da Silva Torres, o “Jiboia”, de 21 anos, e Jefferson Feliciano da Silva, de 22 anos. 

Integrantes da SSP apontaram as suspeitas contra os presos

Os outros suspeitos de integrar o bando criminoso foram identificados como Amanda Rafaella Barros da Conceição Silva, de 26 anos; Ailton Pereira de Oliveira, de 59 anos, e José Edson da Silva Lima, de 48 anos, conhecido como “Setecentos”, que foi preso em flagrante com uma moto adulterada. Em desfavor dele, existe a suspeita de agiotagem. 

As investigações apontam ainda que os outros suspeitos, identificados como Saulo José da Silva Lima, de 22 anos; e Maria Josete Paulinio, de 49 anos, além da Amanda, já têm passagem na polícia por tráfico. Os mandados de prisão foram expedido pela 17ª Vara Criminal. 

“Com o crescimento no número de homicídios na cidade de Viçosa, o diretor-geral da Polícia Civil determinou a realização de diligências com o objetivo de identificar os motivos e os responsáveis por esses crimes. Ao final do trabalho, identificados alguns suspeitos e o resultado está sendo apresentado nesta sexta-feira”, expôs o delegado Ronilson Medeiros durante a entrevista coletiva na sede da SSP. 

O advogado de Ailton Oliveira afirmou que o mandado de prisão temporária é genérico e não aponta qualquer envolvimento do suspeito com o grupo criminoso. 

De acordo o advogado Vilaça Neto, durante as buscas realizadas nos imóveis pertencentes ao suspeito Ailton Oliveira não foi encontrado nada de irregular. O advogado informou que já ingressou com um pedido de habeas corpus.

Confira a nota na íntegra:

Ciente da inocência do produtor rural, Vilaça Neto informou que já ingressou com um habeas corpus junto ao Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ/AL) com pedido de liminar para que Ailton Oliveira possa se defender das acusações infundadas em liberdade.

“Todos sabem em Viçosa que Ailton Oliveira não tem ligação com esses grupos criminosos, pelo contrário, é um cidadão preocupado com o bem estar da cidade onde mora e nunca deu entrada na polícia, acusado de qualquer crime”, finalizou o advogado.

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário