Home Alagoas Até 20 prefeitos devem desistir de disputar a reeleição este ano em Alagoas

Até 20 prefeitos devem desistir de disputar a reeleição este ano em Alagoas

Por Alagoas Brasil Noticias

1372015_1370

Na avaliação de observadores eleitorais, até 20 dos cerca de 40 atuais prefeitos que podem concorrer à reeleição em Alagoas este ano não vão encarar as urnas em outubro por diferentes razões – especialmente pelas dificuldades que enfrentam na atual gestão.

A primeira a anunciar que não vai para a reeleição foi Célia Rocha, prefeita da segunda maior do estado – Arapiraca.

A cada dia chegam informações de novas desistências. Este seria o caso de Mário Silva, prefeito de Santana do Ipanema. Com diferentes problemas na sua gestão e baixa popularidade, o prefeito teria ficado até sem legenda para a disputa.

As informações não são oficiais, mas o que se sabe nos “bastidores” é a que lista da “desistência” estaria hoje em 12 nomes podendo chegar a 20. Entre os nomes citados tem sido citados  estão Ester Damasceno (Olho d’Água das Flores), Beto Baía (União dos Palmares), Camila Farias (Porto de Pedras), Célia Rocha (Arapiraca), Ormindo Uchoa (Porto Calvo), Nildo do Jaime (Paulo Jacinto), Rogério farias (Barra de Santo Antônio) e Henrique Madeira (Maragogi).

Alguns prefeitos ainda estariam na fase de indecisão. Este seria o caso, por exemplo, de Jorge Dantas (Pão de Açúcar) e Manoel Tenório (Quebrangulo) e Celso Luiz (Canapi), nomes com peso na política estadual, mas que enfrentam dificuldades na gestão de seus municípios.

É claro, repito, que as informações estão no campo da suposição. Mas tem procedência. Até porque esses prefeitos ainda não “botaram o time em campo”. Manoel Tenório, por exemplo, já disse publicamente que está indefinido.

O espaço está aberto para que os prefeitos aqui citados confirmem se vão ou não para a reeleição.

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário