Home NotíciasEsportes CRB vence o Náutico por 3 a 1, quebra tabu e assume a 3ª posição da Série B

CRB vence o Náutico por 3 a 1, quebra tabu e assume a 3ª posição da Série B

Por Alagoas Brasil Noticias

Vitória regatiana garantiu o alvirrubro no G4 da competição por mais uma rodada.

ZE CARLOS

O CRB enfrentou o Náutico, na tarde deste sábado (09), na Arena Pernambuco – região metropolitana de Recife – pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

O Galo venceu a partida por 3 a 1, assumiu o terceiro lugar da competição e quebrou o tabu de nunca ter vencido a equipe pernambucana jogando no estado vizinho.

Gérson Magrão, Matheus Galdezani e Roger Gaúcho marcaram para o time regatiano. Rony diminuiu para o Timbu. O alvirrubro agora encara o Tupi, na próxima quinta-feira (14), às 21 horas.

Já garantido no G4 nesta rodada, o Galo entrou em campo mais tranquilo para tentar surpreender o Náutico jogando em Pernambuco.

o time regatiano também entrou com mais uma motivação que foi a derrota do Ceará diante do Tupi, na noite de última sexta-feira (8).

O resultado dava a chance para o CRB, em caso de vitória, chegar a terceira posição na tabela.

Com 3 desfalques no time titular, incluindo o goleiro Juliano e o zagueiro Adalberto, que têm sido importantes peças no time regatiano, o técnico Mazola Júnior, teve que mexer no sistema defensivo do Galo.

Júlio César, Flávio Boaventura e Marcos Martins, que substituiu Bocão que tomou o terceiro amarelo, foram os titulares ao lado de Diego Jussani e Diego, compondo a defesa regatiana.

Dentro de campo, apesar da tentativa de pressão do time pernambucano, o CRB foi eficiente e soube encontrar os contra ataques que lhe deram condições de definir o resultado a seu favor.

Confira os gols da vitória regatiana

CRB vence Náutico e assume a terceira posição da Série B

Gérson Magrão, Matheus Galdezani e Roger Gaúcho marcaram os gols regatianos.

Acompanhe aqui o lance a lance da partida

O jogo

Apesar da maior posse de bola do Náutico durante o início da partida, foi o Galo que teve a principal chance de chegar ao jogo. Aos 17 minutos, Diego cruzou na cabeça de Zé Carlos, que finalizou muito perto do gol. O Galo chegou ao gol aos 28 com um golaço de Gérson Magrão. Diegou lançou o meia em profundidade, que deu um lindo toque por cima do goleiro do Timbú.

Apesar da desorganização em seu sistema de ataque, o Náutico chegou ao empate na base da pressão. Aos 44 minutos Jefferson Nem invadiu a área e finalizou. Júlio César defendeu, mas deu rebote nos pés de Rony, que deixou tudo igual na Arena Pernambuco.

Na volta para o segundo tempo, o Náutico voltou mais agressivo. Aos 9 minutos, Bergson cobrou escanteio, Marcos Martins desviou e a bola bateu na trave, assustando o goleiro Júlio César. O time pernambucano tentou várias vezes, mas em nenhum momento causou muitos danos ao Galo.

Aos 26 minutos, Roger Gaúcho puxou contra ataque, passou para Luidy e cruzou na cabeça de Matheus Galdezani que deixou o CRB a frente do placar novamente. Com o segundo gol regatiano, o Náutico se mandou de vez para o ataque e a equipe regatiana passou a jogar nos erros do Timbú.

O golpe final no Náutico foi dado aos 45 minutos da etapa complementar. Assisinho lançou Roger Gaúcho em profundidade, que deu mais um lindo toque por cima de Júlio César, que tomou o seu segundo gol de cobertura na partida.

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário