Anadia/AL

25 de outubro de 2021

Anadia/AL, 25 de outubro de 2021

Thaise Guedes apresenta projeto que institui Campanha Estadual

Por Alagoas Brasil Noticias

Em 21 de julho de 2016

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email
tayse guedes
Parlamentar defende o fortalecimento da conscientização e prevenção para as futuras gerações

tayse guedes

A deputada Thaise Guedes (PMDB) apresentou na Assembleia Legislativa, projeto de lei que institui a “Campanha Estadual Maria da Penha”, a ser comemorada, anualmente, no mês de março, nas escolas públicas estaduais e particulares. Pela proposta, a campanha poderá ser desenvolvida juntamente com as comemorações ao Dia Internacional da Mulher.

A campanha visa contribuir para o conhecimento da comunidade escolar acerca da Lei Maria da Penha; impulsionar as reflexões sobre o combate à violência contra a mulher; conscientizar adolescentes, jovens e adultos que compõem a comunidade escolar da importância do respeito aos direitos humanos e sobre a lei do feminicídio, prevenindo e evitando as praticas de violência conta a mulher; e esclarecer sobre a necessidade  da efetivação de registro nos órgãos competentes de denúncias de casos de violência contra a mulher, onde quer que ela ocorra.

“A Lei Maria da Penha tem sido eficaz para que as mulheres sejam encorajadas a denunciar a violência sofrida, mas não está sendo suficiente. Ainda é necessário aperfeiçoar mecanismos de proteção e assistência e, principalmente, começar uma mudança nessa cultura de violência, enraizada em nosso país. Somente através do conhecimento e instrução é que poderemos mudar essa triste realidade do Brasil”, argumenta a deputada.

Ainda de acordo com Thaise Guedes, a violência independe da classe social. Ela ressalta dados preocupantes, que aponta que uma parcela relevante da população insiste em afirmar que a agressão contra a mulher no âmbito familiar não deveria ser considerada crime. “Por isso, é de extrema importância a inclusão da matéria no currículo escolar, na grade de ensino, tanto de escolas públicas como das particulares, para fortalecer a conscientização e prevenção para as futuras gerações”, finalizou.

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter