Home NotíciasPolicia Polícia alagoana desmantela mais uma quadrilha de assaltos a bancos

Polícia alagoana desmantela mais uma quadrilha de assaltos a bancos

Por Alagoas Brasil Noticias

As prisões ocorreram nas cidades de Arapiraca e Taquarana

presos

A Polícia Civil de Alagoas apresentou na tarde desta segunda-feira (25), durante coletiva de imprensa na sede da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP), detalhes da operação policial que resultou na prisão de cinco envolvidos em assaltos a banco no interior do Estado.

Durante a coletiva estiveram presentes, o secretário Lima Junior, o delegado-geral da Polícia Civil, Paulo Cerqueira, o delgado titular da Seção de Roubo a Bancos (Serb), Vinícius Ferrari, e o comandante-geral da PM-AL, coronel Marcos Sampaio.

De acordo com o delegado Vinícius Ferrari, responsável pelas investigações, a operação teve início na última sexta-feira (22), com a prisão de três pessoas.

Yara Nunes da Silva Moura e José Erivan da Silva, conhecido como “Bigode”, foram detidos na cidade de Taquarana. O terceiro preso foi Álvaro de Oliveira, na cidade de Arapiraca.

Nesta segunda-feira (25), dando continuidade aos trabalhos, os policiais localizaram e prenderam Moema Natiane Correia Araújo e Walisson Maxwell dos Santos, também em Arapiraca.

Segundo o delegado da especializada, os três primeiros são integrantes de uma mesma quadrilha e são os responsáveis pelo assalto à agência bancária do município de Monteiropólis. Já Moema e Walisson estariam envolvidos no ataque ao banco da cidade de Chã Preta.

“Estamos acompanhando esse grupo há cerca de seis meses. Trata-se de uma quadrilha bem articulada, que possui integrantes do estado de São Paulo, e do Distrito Federal. As armas e munições utilizadas nos ataques são trazidas do Paraguai. Além disso, eles possuíam cinco casas alugadas em Arapiraca que serviam como apoio, e já tinham alugado outras três em Taquarana”, explicou o delegado.

Ao longo do trabalho investigativo foi possível identificar a pessoa de Jadson como sendo o líder do grupo. Ele também é conhecido como “Sertão”, e está sendo procurado pela polícia.

Durante a operação os policiais apreenderam com os acusados, drogas e muitas munições.

A ação contou com o apoio da Polícia Militar, do Grupo Estadual de Combate às Organizações Criminosas (Gecoc), de policiais civis da Serb e da Delegacia Regional de Arapiraca (4ªDRP).

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário