Home NotíciasPolicia Na contramão de Maceió e Arapiraca, Murici reduz número de homicídios nos últimos meses

Na contramão de Maceió e Arapiraca, Murici reduz número de homicídios nos últimos meses

Por Alagoas Brasil Noticias

Município completa três meses sem registro de crimes violentos letais no Estado

Números divulgados pelo Núcleo de Estatística e Análise Criminal da Secretaria de Estado da Segurança Pública de Alagoas (SSP/AL) apontam que ao contrário das cidades de Maceió e Arapiraca, as quais apresentaram um aumento no número de Crimes Violentos Letais e Intencionais (CVLIs) — homicídio doloso, latrocínio (roubo seguido de morte) e lesão corporal com resultado de morte — no mês de julho, o município de Murici está há três meses sem o registro de homicídios.

Os dados mostram que no mês de julho, dos 164 homicídios registrados no Estado, as cidades com maiores incidências nos crimes foram: Maceió (64),Arapiraca (14), Teotônio Vilela (6) e Coruripe (5). Já nas áreas pertencentes à 12° Área Integrada de Segurança Pública (12ª AISP), que compreendem os municípios de Branquinha, Ibateguara, Murici, Santana do Mundaú, São José da Laje e União dos Palmares foram registrados ao todo três homicídios.Murici está fora das estatísticas desde o mês de maio. O último período que Murici esteve dentro do mapa da violência foi entre os meses de janeiro à abril deste ano, com o registro de 14 homicídios.

Metas previstas pela SSP

Alagoas não conseguiu bater a meta prevista para o mês de julho, que era de 140 homicídios. Os números mostram que o Estado registrou 164 CVLIs, 24 casos a mais que a meta da SPP. Ao comparar os números com o mesmo período do ano de 2015, Alagoas registrou 19 casos a mais na criminalidade. 

Já na área pertencente à 12ª AISP, a meta prevista pela SSP era de 11 homicídios, contudo, com muito esforço das forças policiais foi registrado apenas a ocorrência de três casos de CVLIs, uma redução de, aproximadamente, 70% nos crimes.

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário