Home Alagoas Produtos alagoanos serão comercializados durante Olimpíadas da Rio-2016

Produtos alagoanos serão comercializados durante Olimpíadas da Rio-2016

Por Alagoas Brasil Noticias

Ao destacar a produção regional e o desenvolvimento econômico de Alagoas através dos Arranjos Produtivos Locais (APL), diversos empresários, cooperativas e associações que fazem parte do programa foram convidados e marcarão presença nas Olimpíadas Rio 2016.

O empresário Manuel da Silva, proprietário da empresa Aky Estofados- atendida pelo APL Móveis Maceió e Entorno – foi um dos convidados. Durante todo o evento, o empresário irá expor e comercializar as poltronas que compõem a coleção Maria Amélia, marcada pelo design arrojado e com intervenção de aplicações em bordado filé. As peças podem ser encontradas na Associação Comercial do Rio de Janeiro (ACRio).

“A presença do setor moveleiro de Alagoas durante as Olímpiadas é uma oportunidade única de atração de vendas e visibilidade internacional para nossa produção. Além disso, a coleção Maria Amélia evidencia a riqueza do artesanato local ao trabalhar com o bordado Filé, que é Patrimônio Cultural Imaterial de Alagoas e acaba de receber a certificação geográfica concedida pelo Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI)”, afirma o empresário Manuel da Silvadado.

Além do segmento moveleiro, a produção de agricultura familiar do Estado também será destaque. Através da Cooperativa Agropecuária de Campo Grande (Cooperagro), 250 produtores de mandioca, atendidos pelo APL Mandioca no Agreste, terão seus produtos comercializados na Feira dos Povos e Comunidades Tradicionais e de Produtos da Sociobiodiversidade, organizada no espaço Casa Brasil, no Píer Mauá, entre os dias 19 e 20 de agosto, e, simultaneamente, no Jardim Botânico, nos dias 17 a 21.

A seleção dos produtores
 de Alagoas foi realizada através de Chamada Pública, divulgada pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA).
Para a superintendente de Desenvolvimento Regional e Setorial da Sedetur, Giselle Mascarenhas, a ação é importante para fomentar a ampliação dos mercados consumidores dos APLs.

“O contato com outros produtores e segmentos durante o evento permite a articulação com novos compradores, que resulta no crescimento dos Arranjos e, consequentemente, no desenvolvimento regional de Alagoas”, afirma Giselle Mascarenhas.

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário