Anadia/AL

27 de setembro de 2021

Anadia/AL, 27 de setembro de 2021

Servente de pedreiro denuncia ex-prefeitos por ameaças e “jura de morte”

Por Alagoas Brasil Noticias

Em 10 de agosto de 2016

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email
pedreiro

Ao blog, Carlos Cassiano da Silva disse que foi cobrar o dinheiro pelos serviços prestados na fazenda da família dos ex-gestores.

pedreiro

Por conta de um serviço no valor de R$ 1.250 (mil duzentos e cinquenta reais), o servente de pedreiro Carlos Cassiano da Silva sofreu ameaças e “jura de morte” por parte dos ex-prefeitos de Tanque D’arca,  José Rubem Fonseca de Lima e  Manuel Valente (ambos do PP), respectivamente, pai e filho. 

Carlos Cassiano também fez um Boletim de Ocorrência na 5ª Delegacia Regional de Polícia (DRP, em Palmeira dos Índios, ontem, 08.

No BO, o servente relatou todo o fato acontecido no último domingo, 07, quando estava presente na Trilha do Cajá, evento que acontece todos os anos no município.  

Na denúncia também enviada ao blog, o servente de pedreiro disse que foi contratado para fazer uma reforma na fazenda da família dos ex-gestores. Cassiano explicou que foi cobrar pelo trabalho realizado na propriedade de Manuel Valente quando recebeu tais ameaças.  

“Trabalhamos uma semana normal. No sábado, ele não pagou e mandou procurar no domingo de manhã. Então, o filho dele que é o Manuel Valente me procurou e disse que o procurasse à tarde. Foi quando estava na trilha e ele me chamou para ir na academia. O Manuel me levantou e ameaçou. E o velho [ José Rubem]  jogou um copo de cerveja na minha cara e perguntou: Você está pensando o quê? Foi na hora que ele me levantou [pegou na beca da camisa] e me disse:  fale para morrer! Eles e o segurança deles. Os três vieram em cima de mim para me agredir”, denunciou o servente.  

Por fim,  Carlos Cassiano da Silva – temendo por sua vida – pede que a Justiça de Alagoas olhe para o caso dele. Após servir de empregado na residência da família Valente, o servente de pedreiro gostaria de receber pelos afazeres na fazenda dos políticos tanquenses.    

“Peço que a Justiça veja isso, que eu não sou um bandido não, sou um homem trabalhador. Não pode deixar impune não”, cobrou Carlos Cassiano.  

Atualmente, José Rubem (PP) é candidato a prefeito de Tanque D’arca na chapa com o filho e também ex-prefeito, Manuel Valente, como vice-prefeito. 

Em 2012  

Esta não é a primeira vez que o ex-prefeito José Rubem é denunciado na imprensa . Em 2012, Rubem foi à Justiça pedir para desabrigar mais de 30 famílias que residiam na COHAB III – no bairro de Santo Antônio. Em 2010, a Prefeitura de Tanque d’Arca desapropriou o terreno de 20 tarefas. As terras pertenciam à mãe do ex-prefeito que já faleceu.

Leia mais aqui: Ex-prefeito vai à Justiça pedir para desabrigar mais de 30 famílias em Tanque d’Arca 

O blog não conseguiu contato com os ex-prefeitos José Rubem Fonseca de Lima e  Manuel Valente para responder sobre as acusações.  

bletim[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=B11m9KOVRZc[/youtube]

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter