Home NotíciasPolicia SSP apresenta mandante da morte de assaltantes que assassinaram policial civil

SSP apresenta mandante da morte de assaltantes que assassinaram policial civil

Por Alagoas Brasil Noticias
Cristiano Araújo foi detido em cumprimento de mandado; sua esposa e outro foram presos em flagrante

PRESOS

Nesta sexta-feira (19) a Secretaria de Segurança Pública de Alagoas (SSP-AL) apresentou três presos em operação realizada na quinta-feira (18) na Travessa Santa Lúcia, no bairro da Cidade Universitária. As forças policiais cumpriram mandado de busca, apreensão e prisão e detiveram o traficante Cristiano Araújo dos Santos que atua na área do Village Campestre. Ele é considerado o mandante da morte de dois assaltantes que roubaram um ônibus no conjunto em 21 de julho e mataram o policial civil José Clério Vieira, de 47 anos, que reagiu ao assalto. Os suspeitos do latrocínio foram mortos três horas depois do policial. Dois suspeitos do duplo homicídio estão foragidos.

O secretário de Segurança Pública, coronel Lima Júnior, ressaltou que os dois assaltantes, identificados como Natanael Henrique dos Santos, de 18 anos, e Marcos Gabriel dos Santos, de 20 anos, cometeram o crime a mando de Cristiano, de 28 anos, porque a dupla estava com dívidas com o tráfico de drogas.

Cristiano então ordenou que assaltos fossem realizados para pagar o débito, porém ninguém deveria ser morto. A dupla então cometeu o latrocínio. O delegado Fábio Costa, coordenador da Delegacia de Homicídios, informou que diferentemente do que foi divulgado, o policial civil não morreu por ter sido reconhecido, mas sim porque reagiu ao assalto que aconteceu por volta das 19h30.

Quando o traficante ficou sabendo do homicídio do Policial Civil, ordenou que Natanael e Marcos fossem executados, o que ocorreu três horas depois, por volta das 22h30. O caso da morte dos assaltantes foi investigado pelas delegadas Maria Angelita e Teíla Nogueira.

(Foto: Sandro Lima)

Delegado-geral da Polícia Civil, Paulo Cerqueira, secretário de Segurança Pública, coronel Lima Júnior, e o coordenador da Delegacia de Homicídios, Fábio Costa

A Delegacia de Homicídios segue realizando diligências para capturar os dois suspeitos foragidos. Os nomes dos dois não serão divulgados para não atrapalhar as investigações.

Ao cumprir os mandados, a Polícia Civil encontrou na residência do traficante um quilo de maconha e um revólver calibre 38 com a numeração raspada. O revólver será enviado ao Instituto de Criminalística para o exame de micro comparação balística que vai definir se a arma foi utilizada na morte do policial ou dos assaltantes.

Como Cristiano estava em sua residência com droga e arma, as forças de segurança também o prenderam pelo flagrante. Além dele, sua esposa Yasmin Duarte dos Santos, de 23 anos, e Augusto Matos Freire, de 27 anos, também foram presos em flagrante.

Cristiano já tinha passagem na polícia por tráfico de drogas. A organização criminosa a qual ele faz parte é responsável por crimes de assassinato, roubo e tráfico no conjunto Village Campestre adjacências.

O secretário destacou a audácia cada vez maior crime organizado em Alagoas. Para Lima Júnior, Cristiano Araújo sabia que a polícia não ia sossegar enquanto não prendesse os suspeitos da morte de José Clério.

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário