Home Municípios Funcionários sofrem por falta de pagamento a três meses em Maribondo

Funcionários sofrem por falta de pagamento a três meses em Maribondo

Por Alagoas Brasil Noticias

O sofrimento dos funcionários ativos e inativos de Maribondo.

funcionarios-1

Maribondo ao que parece, é o único município alagoano que enfrenta atualmente uma peleja sem igual desde a gestão passada, cujas vítimas dessa história, têm sido os servidores públicos e aposentados, que convivem habitualmente com o drama de salários atrasados. 

Funcionários da Prefeitura nos enviaram fotos das manifestações de ruas e vídeos com tristes depoimentos de aposentadas que clamam por dias melhores.

funcionarios-3

Já existe até um movimento, a exemplo de outras vezes, para uma campanha de arrecadação de alimentos, a fim de atender aquelas famílias que vivem unicamente do repasse mensal do município, sobretudo os aposentados, que além de três meses em atraso, ainda sonham em receber um dia, o 13º salário do último ano.

 “Se não sair dinheiro até o final do mês, eu vou para o microfone da rádio pedir publicamente ajuda ao povo” prometeu a aposentada Alexandria Maria.

“Quero que o prefeito tenha sensibilidade da nossa situação, pois nem remédio estou tomando mais, justamente por falta de dinheiro” lamentou dona Adrelina Teixeira.

“É uma situação de humilhação que estamos passando”, comentou dona Maria José dos Santos, também outra aposentada.   

aposentadas

Em contato com a Prefeitura, fomos informados de que boa parte dos agentes de saúde recebeu na terça um mês em atraso.

E ontem foi liberado pagamento dos salários referentes a agosto dos médicos, enfermeiros e técnicos do PSF.

Já os aposentados, mas da primeira faixa receberam os ordenados de julho. Faltou o pagamento de julho das equipes de Saúde Bucal.

Situação 

Os serviços públicos de Maribondo estão funcionando precariamente, sobretudo na Saúde, onde não existem médicos, remédios e material essencial para atendimento.

Na segunda-feira, os manifestantes foram a Prefeitura, onde lá o prefeito Antônio de Eurico não compareceu para recebê-los.

“Trabalhador na rua; prefeito a culpa é sua!” frase que eles estão adotando nos manifestos, por meio de cartazes e gritando verbalmente!

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário