Home NotíciasPolitica Folha acusa Almeida de plagiar programa de governo apresentado por Lessa em 2012

Folha acusa Almeida de plagiar programa de governo apresentado por Lessa em 2012

Por Alagoas Brasil Noticias

Em matéria publicada no dia de hoje, 22, a Folha apontou um plágio no programa de governo do candidato a prefeito de Maceió, Cícero Almeida (PMDB). De acordo com o jornal, o que é entregue à Justiça por Almeida já foi apresentado por Ronaldo Lessa (PDT) no ano de 2012, quando Lessa disputou a Prefeitura de Maceió contra o atual prefeito Rui Palmeira (PSDB).

Na época, Lessa contou com o apoio de Cícero Almeida. Segundo o jornal, agora em 2014, o plano degoverno entregue por Almeida à Justiça Eleitoral “repete trechos inteiros da proposta apresentada an eleição de 2012 pelo então candidato ao mesmo cargo Ronaldo Lessa”.

A Folha de São Paulo aponta que foram copiados parágrafos, frases e que existem apenas “pequenas alterações” em relação à proposta protocolada por Lessa. Um fato interessante: em em 2012, Ronaldo Lessa e Cícero Almeida eram aliados, no pleito de agora, elealws são rivais. Ronaldo Lessa apoia o tucano Rui Palmeira, que é o principal rival de Almeida. 

O jornal ainda aponta alguns dos supostos plágios na peça de 91 páginas. No programa de governo de Lessa, por exemplo, estava escrito:  “O objetivo deste programa é traduzir as ações de saúde municipais oriundas da relação do Governo Municipal e Comunidade na busca de serviços de saúde mais resolutivos e humanizados, contribuindo para definição de políticas e aplicação de recursos que visem solucionar os problemas de saúde nas comunidades, contribuindo para a melhoria da qualidade de vida e bem estar social da população”.

O texto de Almeida é igual. 

Porém, o documento entregue à Justiça Eleitoral por Almeida afirma que este foi desenvolvido por meio de consulta popular feita pela internet e seminários, como afirma a própria Folha de São Paulo. Almeida não fala na reportagem, mas o vice-presidente da Fundação Ulisses Guimarães, Sabino Fidélis, nega que as propostas tenham sido plagiadas. Ele diz que foram obtidas justamente da consulta popular. 

Ele diz ainda que as semelhanças são inevitáveis em função dos problemas apontados serem os mesmos, quando se discute a realidade da cidade. A Folha ainda mostra outro trecho ao acusar Almeida de plágio. Veja aqui.

 

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário