Home NotíciasEconomia 7 passos para viver de renda

7 passos para viver de renda

Por Alagoas Brasil Noticias

Muitas pessoas acreditam que é necessário ser alguém especial para se tornar um investidor e viver apenas de juros, mas o educador financeiro Robinson Trovó , criador da Trovó Academy, ensina que isso é possível para todos. “Não é preciso ser nenhum gênio, basta dedicação, estudo e força de vontade para se livrar do medo de investir”, explica o investidor, que foi um dos cinco brasileiros a conquistar R$ 1 milhão no mercado financeiro antes dos 30 anos. “Existem 7 passos essenciais que precisam ser dados para conquistar a independência financeira e viver de renda” 

1-TER CONTROLE FINANCEIRO
O primeiro passo, segundo o investidor, é ter controle das finanças . “Você precisa saber o quanto ganha e o quanto gasta, pois sem isso não vai ser possível poupar”, explica Trovó. Uma das melhores formas de se educar para isso é utilizando a técnica dos envelopes, que ele ensina em seu treinamento, e que ajuda até mesmo a sair da dívida .

2- POUPAR 10% DO SALÁRIO
A partir do momento em que se tem controle dos gastos, é preciso começar a economizar 10% do salário. “É com essa sobra que você vai começar a investir”, ensina Trovó, que ressalta a importância de ter disciplina para atingir essa meta todos os meses.

3-INVESTIR 90% DO DINHEIRO ACUMULADO EM RENDA FIXA
Quando se tem dinheiro suficiente para investir, Trovó ensina que 90% do valor deve ser investido em renda fixa . “Como é um investimento sem riscos, é importante deixar 90% do capital nestes fundos, que vão ser a tábua de salvação para casos de prejuízo nos fundos de renda variável”, conta o educador financeiro.

4-INVESTIR 10% DO ACUMULADO EM RENDA VARIÁVEL 
Com o patrimônio protegido na renda fixa, é possível utilizar 10% do capital em um fundo de renda variável, que oferece riscos, mas permite uma renda muito alta. “Quando se tem 90% do dinheiro seguro, é possível aplicar em renda variável sem medo”.

5- DEDICAR DUAS HORAS POR DIA PARA ACOMPANHAR OS INVESTIMENTOS
Após se tornar um investidor, é necessário dedicar-se duas horas por dia para acompanhar os investimentos, conforme explica Trovó. “Pode ser no fim do dia, em casa”, conta. “Não precisa passar o dia preocupado com isso, mas vai ser necessário dedicar essas horas, caso contrário o dinheiro pode ser perdido por desatenção”, alerta.

6-TER UM PLANEJAMENTO DE INVESTIMENTO
Uma vez que já se sabe a quantia que será investida, também é necessário definir para onde vai o investimento. No entanto, Trovó alerta para os valores mínimos que precisam ser praticados “Para efeitos de investimento na bolsa , é necessário ter ao menos R$ 30 mil. Quem tem valores menores deve investir em mini-índices ou turbinadores de lucro”, destaca o investidor, que ensina detalhes do assunto em seu treinamento online.

7- ATINGIR A META DE TER UM RENDIMENTO DE 20% AO ANO
Por fim, o caminho ideal para a independência financeira deve chegar ao ponto em que o dinheiro total investido rende 20% ao ano. “É possível que ele tenha mais rendimento ainda, mas é trabalhando com este valor que se tem garantia de risco zero”, explica. Para resumir, Trovó conta que, com esse rendimento, é possível conseguir 

Antes mesmo de usar todos os sete passos, já será possível encontrar ótimos retornos financeiros, como explica o investidor. “A partir do momento em que você faz investimento em renda fixa, seu dinheiro já rende mais do que a inflação”, explica, destacando a importância de fazer todos os passos com tranquilidade e disciplina.

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário