Anadia/AL

27 de julho de 2021

Anadia/AL, 27 de julho de 2021

Onze PMs foram recolhidos aos batalhões por fazer segurança de candidatos

Por Alagoas Brasil Noticias

Em 4 de outubro de 2016

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email
militar

Comando da PM explica que esse tipo de ‘trabalho extra’ é proibido; eles responderão a processos.

militar

O balanço das eleições em Alagoas aponta que onze integrantes da Polícia Militar foram recolhidos para os batalhões por estar fazendo a segurança de candidatos a prefeito neste domingo (2). A resolução de número 15.733 do Tribunal Regional Eleitoral (TSE) impede esse modelo de proteção durante o pleito. 

De acordo com o comandante da Polícia Militar, coronel Marcos Sampaio, todos os militares recolhidos estavam indo na contramão do que dispõe a legislação eleitoral e, diante disso, vão responder a processos disciplinares e, também, a demandas judiciais.

Ainda segundo o comandante, todos os militares foram liberados no fim da tarde logo após as seções concluírem as votações. O processo disciplinar aberto tem o prazo de 30 dias para ser concluído pela corregedoria da Polícia Militar. 

Homicídios

A Polícia Civil, por meio do diretor-geral, delegado Paulo Cerqueira, assegurou que os homicídios registrados durante as eleições neste domingo não ”têm ligação política”. Mesmo assim, reforçou o delegado, inquéritos vão investigar todas as mortes.

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter