Home Alagoas Feira Camponesa comercializa 400 toneladas de alimentos em sua 25ª edição

Feira Camponesa comercializa 400 toneladas de alimentos em sua 25ª edição

Por Alagoas Brasil Noticias

A 25ª Feira Camponesa promovida pela Comissão Pastoral da Terra (CPT) teve início ontem (5) na antiga Praça Faculdade, no Prado, em Maceió, e segue até sábado (8) às 12h.

Estão sendo comercializada cerca de 400 toneladas de produtos agrícolas produzidos em 20 assentamentos e três acampamentos da reforma agrária no Estado. Agricultores e outros m
ovimentos das regiões da Zona da Mata, Região Norte e Sertão de Alagoas expõem em 93 bancas alimentos saudáveis, casa de farinha, atrações culturais, e restaurante camponês com comidas tradicionais da roça, como buchada e rabada.

A novidade deste ano traafhz mel e rapadura de cana-de- açúcar direto do engenho Caquinho, do assentamento Padre Alex, na antiga fazenda areias, em Porto de Pedras – Litoral Norte de Alagoas. 

Macaxeira, inhame, banana, laranja, abacaxi, graviola, mamão, batata, hortaliças, feijão, ovos e galinha de capoeira são alguns dos produtos ofertados pelos camponeses. Além disso, esta edição da Feira montou uma casa de farinha e um engenho de mel em plena Praça da Faculdade.

Marta Ferreira que estava na feira pela primeira vez por indicação de uma amiga disse que a oportunidade de comprar alimentos livres de agrotóxicos é o mais válido. “E o preço, nem se fala. Gostei muito e pretendo voltar sempre que estiverem por aqui”, frisou.

Dona Cícera Plech saiu da parte alta de Maceió com destino a feira, ela contou sua satisfação na aquisição dos produtos. “Estou levando uma boa quantidade para consumo próprio da família, vale muito a pena, os alimentos são bons e o preço também. Estamos revezando o peso das sacolas e distribuindo no carro de tanta coisa que já compramos”, considerou.

Ailton Oliveira estava com a esposa Lúbia Brito aproveitando a feira e destacou que os produtos fazem jus ao ganho da terra. “Esses alimentos são prova de que eles valorizaram a terra improdutiva que ganharam, são produtos de altíssima qualidade que não se encontram em qualquer lugar, só passando por aqui para conferir e levar em boa quantidade”, ressaltou.

O agricultor José Cícero Lopes, do assentamento Fidel Castro em Joaquim Gomes, comentou que está há 12 anos na atividade e que a satisfação é grande em trazer seus produtos para Maceió.

Na feira, é possível encontrar banana comprida a R$ 5 o quilo; já banana prata de R$ 1,00 a 2,00 a dúzia; laranja 15 unidades a R$ 2, como também a macaxeira e a batata doce.     

Claudio Cavalcante que produz mel e rapadura oriundos da cana-de-açúcar disse que aprendeu a fazer docemuito cedo, quando, ao invés de bater, seu pai dava-lhe como castigo fazer doces. “Me apaixonei pela doçura, e comecei a experimentar a cana-de-açúcar nas demais produções. Hoje comercializo cerca de 500 quilos de mel e rapadura por mês, que são vendidos principalmente aos hotéis do litoral norte e turistas”, contou orgulhoso.

CULTURA

A 25ª Feira Camponesa conta ainda com uma programação cultural recheada de atrações musicais e, dessa vez, com um debate sobre comunicação popular.  Diversas atrações sobem ao palco da feira sempre a partir das 19h.

Na sexta-feira, além do tradicional bingo de um carneiro e das atrações musicais noturnas, haverá um debate, a partir das 15h, com o tema “Comunicação Popular e Resistência na Luta”, promovido em parceria pelo Coletivo de Comunicadores Edmilson Alves e a CPT.

 

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário