Home Alagoas Construção civil discute com Caixa demandas e reação do setor em Alagoas

Construção civil discute com Caixa demandas e reação do setor em Alagoas

Por Alagoas Brasil Noticias

Demandas da construção civil estão sendo discutidas com empresários do setor e o corpo diretivo da Caixa Econômica Federal (CEF), em um encontro que acontece nesta sexta-feira (07), na sede do Sindicato da Indústria da Construção do Estado de Alagoas (Sinduscon-AL), em Maceió. O presidente da Caixa, Gilberto Occhi, foi convidado e aproveitou a ocasião para apresentar as novidades a este segmento. Os empresários dizem ter motivos para comemorar a reação do setor, quando se refere à venda de imóveis, que apresentou crescimento de 10% em agosto deste ano.

O presidente do Sinduscon-AL, Alfredo Brêda, disse que existem várias questões a serem discutidas comahj a Caixa Econômica. “Pleiteamos essa reunião junto ao vice presidente de habitação da Caixa e ao presidente e eles decidiram vir a Maceió para discutir conosco.
São problemas administrativos e burocráticos. Queremos agilizar o financiamento imobiliário, essa é nossa principal intenção”, informa.

Ele disse que os pleitos já começaram a ser atendidos. “Mandamos as demandas desde o mês passado e elas já estão sendo discutidas pela Caixa e acreditamos que hoje já podemos sair com algo bem encaminhado”, completa. 

Segundo o presidente, aCaixa não tem dificuldades para financiar. O que acontece é uma dificuldade na venda de imóveis, algo que já começou a apresentar uma reação desde julho. O crescimento, de acordo com ele, foi de 10% em julho e 5% em agosto. 

“Em julho e agosto tivemos um aumento das vendas e estão melhorando os financiamentos. Houve um entrave agora, com a greve bancária, mas com o retorno acreditamos que volte a funcionar normalmente”, revela.

Ele disse que o percentual já pode ser comemorado. “Tivemos uma queda muito grande, então qualquer crescimento já pode ser considerado grande também. Não era esperado. Foi uma surpresa”, celebra.

O presidente da Caixa, Gilberto Occhi, explica que a reunião em Maceió trata tanto do que o banco está fazendo quanto das novidades e as demandas do setor. Ele disse que tem ido a vários estados e, “por a Caixa ser o maior banco no setor, tem muito a contribuir”.

Além dele, também estão em Maceió o presidente da área de Habitação, o vice da área de risco corporativo e eles aguardam a presença da secretária nacional de Habitação do Ministério das Cidades.

“É uma oportunidade de debater, trazer novidades informações e, principalmente, estarmos juntos para alavancar o setor para que ele volte a gerar emprego e contribuir com a economia do Brasil”, explica. Segundo ele, entre essas novidades estão o estabelecimento de regras de repatriação de financiamentos para pessoa jurídica e melhoria do valor de financiamento da pessoa física.                        

“Estamos estudando também estabelecer uma taxa de juros para o alongamento da dívida do segmento”, diz Occhi.

 

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário