Home NotíciasPolitica JHC sobre segundo turno: “Não apoiaremos nenhum dos candidatos. Não nos representa”

JHC sobre segundo turno: “Não apoiaremos nenhum dos candidatos. Não nos representa”

Por Alagoas Brasil Noticias

Ao se posicionar, deputado federal segue a mesma postura que teve o seu vice do PSL/Livres

jhc

O deputado federal João Henrique Caldas, o JHC (PSB), que foi candidato à Prefeitura de Maceió e ficou na terceira posição no primeiro turno, decidiu não apoiar nenhum dos postulantes ao cargo do Executivo municipal que chegaram ao segundo turno. Portanto, JHC não apoiará nem Rui Palmeira (PSDB), que é candidato á reeleição, nem o deputado federal Cícero Almeida (PMDB).

De acordo com JHC, a postura se dá pensando nos quase 100 mil eleitores que ele teve durante o primeiro turno. O deputado federal avaliou que os votos espontâneos que recebeu são de pessoas que acreditam na mudança e que isto – segundo ele – aumenta a sua responsabilidade para construir uma via independente, que nem esteja com tucanos, nem com peemedebistas.

Segundo o parlamentar, Alagoas vive um momento sem que exista um forte grupo opositor, seja em oposição ao grupo político do governo do Estado de Alagoas, que é encabeçado pelo governador Renan Filho (PMDB); seja em oposição aos tucanos que comandam a Prefeitura de Maceió.

“Não apoiaremos nenhum dos dois porque eles não nos representam”, frisou ainda. JHC disse que sua posição foi discutida com o partido. Resta saber se o PSB segue o seu candidato no primeiro turno, ou – conforme especulações de bastidores – se aliará ao grupo comandado por Cícero Almeida (PMDB).

JHC – ainda durante a transmissão ao vivo nas redes sociais – frisou que apesar da derrota eleitoral, sua campanha teria sido uma vitória política por agregar apoios espontâneos “em uma nova forma de fazer política”. Ele destacou seu pouco tempo de televisão e a desigualdade do pleito, mas frisou que mesmo assim ficou a 2% de chegar ao segundo turno.

Esta avaliação fez com que JHC classificasse sua campanha como “semente da esperança”. Ou seja: JHC deve se mobilizar para a construção de um bloco político independente visando o próximo xadrez político que se dará em 2018. Para o parlamentar do PSB, este deve ser o norte das pessoas que marcharam com ele na disputa pela Prefeitura de Maceió.

A posição de JHC é semelhante a do PSL/Livres, que é o partido do candidato a vice-prefeito na chapa, Henrique Arruda. O PSL/Livres se posicionou ainda no final de semana.

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário