Home NotíciasPolicia Polícia desarticula quadrilha acusada de tráfico em Maceió e Marechal Deodoro

Polícia desarticula quadrilha acusada de tráfico em Maceió e Marechal Deodoro

Por Alagoas Brasil Noticias

quadrilha

Uma quadrilha supostamente especializada em tráfico de drogas, na região de Cruz das Almas, foi presa, nesta sexta-feira, 14, durante uma operação integrada das Polícias Civil e Militar.

As prisões, que contaram com forte aparato policial, foram realizadas em Maceió e Marechal Deodoro, em cumprimento a 20 mandados de prisão e 20 de busca e apreensão expedidos pela 17ª Vara Criminal da Capital.

De acordo com informações do delegado Rodrigo Sarmento, responsável pela operação, o grupo, composto inicialmente por 18 pessoas, era comandado por Felipe Barbosa da Silva, o “Koala” e dois reeducandos, identificados como: Anderson Feiras da Silva, o “Risquinho”, e Davi Carvalho Monteiro, o “Peixe”. Durante a operação, Felipe Barbosa teria supostamente reagido à prisão e morreu em confronto com a polícia.

Além dos dois reeducandos, a PC prendeu ainda Alex Manoel Freire dos Santos, o “Alex do Boi”, de 22 anos; Adalberto Leão Viana Neto, 26; Márcio André Tavares de Lima, 41, de alcunha “Márcio Babaloo”; Wenderson José Seixas Maciel, 20; Dennyson Medeiros de Moura, o “Papa”, de 26 anos; Michele da conceição Soares, 30; Fábio Nascimento da Silva, 22, o “Neguinho”; Saionara Santos da Silva, 19; Ingrid Gillane da Silva Vieira, 24, Laís Fernanda Santos da Silva, 20; José Benedito Soares Filho, o “Zé”.

Outros três integrantes, Amaury Mickael Viera da Silva, 22, Jonathan Carvalho Gomes, o“Gordo”, de 23 anos e Fagner Nascimento da Silva, 23, foram presos em flagrante com maconha. Já o adolescente de 16 anos, que teve o nome preservado, também foi apreendido durante a operação.

O delegado informou ainda que as investigações se iniciaram em meados de agosto e continuam até que os fornecedores dos entorpecentes sejam identificados. “O foco era prender a organização criminosa e agora é saber quem fornece a droga”, disse o delegado.

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário