Home NotíciasEsportes Andrés pede para Corinthians contratar “dez bandidos do bem”

Andrés pede para Corinthians contratar “dez bandidos do bem”

Por Alagoas Brasil Noticias

pede

O ex-presidente corintiano Andrés Sanchez pediu nesta quinta-feira (20) para o Corinthians contratar “meia dúzia, dez bandidos do bem”. As declarações do ex-dirigente foram feitas em meio à irritação dos torcedores com o elenco que foi eliminado da Copa do Brasil. O Timão perdeu por 4 a 2 do Cruzeiro, na quarta-feira, no Mineirão.

“Time de futebol, principalmente o Corinthians, tem que ter uns bandidos, senão não vai”, afirmou Andrés à Rádio Bradesco FM. Para o ex-dirigente, os jogadores do atual elenco deveriam seguir o exemplo de vida do atacante Emerson Sheik, atualmente no Flamengo.

“O Rodriguinho chegou uma vez, não bêbado, de ressaca. Isso é normal. Quer time mais baladeiro que o de 2009, quando fomos campeões invictos do Paulistão e ganhamos a Copa do Brasil? Elias, Jorge Henrique, Cristian, Liedson, Souza, Ronaldo, Roberto Carlos”, recordou o ex-presidente do Corinthians
“O Rodriguinho chegou uma vez, não bêbado, de ressaca. Isso é normal. Quer time mais baladeiro que o de 2009, quando fomos campeões invictos do Paulistão e ganhamos a Copa do Brasil? Elias, Jorge Henrique, “O Corinthians tem de ter meia dúzia, dez bandidos do bem. O maior bandido que eu conheci foi o Emerson Sheik, mas era bandido do bem. Chegava e falava que no dia seguinte não jogaria. Se o time fosse campeão, dizia para não contar com ele por dois meses. É assim. Vou falar o quê? Foi campeão. Mas jogador que fica com a cabeça abaixada, quieto, é o que mais tem”, disse.

Ao defender o direito dos jogadores de irem às baladas, o ex-dirigente recordou que o meio-campista Rodriguinho se apresentou para treinar de ressaca em certa ocasião. “O Rodriguinho chegou uma vez, não bêbado, de ressaca. Isso é normal. Quer time mais baladeiro que o de 2009, quando fomos campeões invictos do Paulistão e ganhamos a Copa do Brasil? Elias, Jorge Henrique, Cristian, Liedson, Souza, Ronaldo, Roberto Carlos”, recordou.

No último domingo, em entrevista ao programa Mesa Redonda , da TV Gazeta , Andrés foi questionado se temia ser preso na Operação Lava Jato, que apura desvios milionários na Petrobrás e em contratos firmados por empreiteiras para a construção de obras públicas. A Arena de Itaquera, construída pela Odebrecht, já foi alvo da Polícia Federal neste ano.

“Eu? ser preso? Não cometi crime nenhum. Falam que serei preso faz oito anos”, respondeu o ex-dirigente, que se mostrou chateado com as suspeitas envolvendo a sua participação na construção do estádio. “É ridículo. Você não ganha nada como presidente. Tem decepções, perde mais amigos e é chamado de ladrão”, lamentou.

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário