Anadia/AL

21 de outubro de 2021

Anadia/AL, 21 de outubro de 2021

Novos donos do UFC pretendem acabar com ‘The Ultimate Fighter’

Por Alagoas Brasil Noticias

Em 21 de outubro de 2016

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email
ufcc


O famoso  “The Ultimate Fighter”, reality show realizado pelo UFC para revelar lutadores, pode estar com seus dias contados. Isso porque a nova gestão do UFC, comandada pela WME-IMG, planeja parar de realizar o programa após a atual temporada. Dentre os motivos para o cancelamento do programa, está a audiência cada vez menor, muito em virtude da saturação do formato do reality. A informação foi dada por Jeremy Botter, editor do site norte-americano “FloCombat”, em sua conta do Twitter.

O “TUF”, como também é conhecido, estreou em 2005 e já teve 34 edições realizadas, incluindo quatro no Brasil. A primeira temporada, inclusive, foi um dos principais motivos que ajudaram o Ultimate a deslanchar nos Estados Unidos, graças a batalha épica protagonizada por Forrest Griffin e Stephan Bonnar na final, vencida por Griffin na decisão dos juízes.

No Brasil, o primeiro “The Ultimate Fighter” foi em 2012, programa que contou com Vitor Belfort e Wanderlei Silva como treinadores e teve Rony Jason e Cezar Mutante como vencedores. No ano seguinte, Rodrigo Minotauro e Fabrício Werdum lideraram os times, que terminou com Leonardo Santos levando o troféu para casa.

Em 2014, na terceira edição, deu-se início a uma das maiores rivalidades do MMA moderno: Wanderlei Silva e Chael Sonnen foram os técnicos, enquanto Warlley Alves e Antônio Cara de Sapato foram os campeões. Na quarta e última temporada, Maurício Shogun e Anderson Silva (posteriormente substituído pelos irmãos Nogueiras) foram os capitães do TUF que consagrou Glaico França e Reginaldo Vieira como vencedores.

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter