Home NotíciasEsportes Novos donos do UFC pretendem acabar com ‘The Ultimate Fighter’

Novos donos do UFC pretendem acabar com ‘The Ultimate Fighter’

Por Alagoas Brasil Noticias


O famoso  “The Ultimate Fighter”, reality show realizado pelo UFC para revelar lutadores, pode estar com seus dias contados. Isso porque a nova gestão do UFC, comandada pela WME-IMG, planeja parar de realizar o programa após a atual temporada. Dentre os motivos para o cancelamento do programa, está a audiência cada vez menor, muito em virtude da saturação do formato do reality. A informação foi dada por Jeremy Botter, editor do site norte-americano “FloCombat”, em sua conta do Twitter.

O “TUF”, como também é conhecido, estreou em 2005 e já teve 34 edições realizadas, incluindo quatro no Brasil. A primeira temporada, inclusive, foi um dos principais motivos que ajudaram o Ultimate a deslanchar nos Estados Unidos, graças a batalha épica protagonizada por Forrest Griffin e Stephan Bonnar na final, vencida por Griffin na decisão dos juízes.

No Brasil, o primeiro “The Ultimate Fighter” foi em 2012, programa que contou com Vitor Belfort e Wanderlei Silva como treinadores e teve Rony Jason e Cezar Mutante como vencedores. No ano seguinte, Rodrigo Minotauro e Fabrício Werdum lideraram os times, que terminou com Leonardo Santos levando o troféu para casa.

Em 2014, na terceira edição, deu-se início a uma das maiores rivalidades do MMA moderno: Wanderlei Silva e Chael Sonnen foram os técnicos, enquanto Warlley Alves e Antônio Cara de Sapato foram os campeões. Na quarta e última temporada, Maurício Shogun e Anderson Silva (posteriormente substituído pelos irmãos Nogueiras) foram os capitães do TUF que consagrou Glaico França e Reginaldo Vieira como vencedores.

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário