Home NotíciasPolicia Polícia divulga fotos de suspeitos de participar na morte de segurança da Adefal

Polícia divulga fotos de suspeitos de participar na morte de segurança da Adefal

Por Alagoas Brasil Noticias

Após investigações, um suspeito foi preso no Feitosa; o vigilante Fábio Flávio foi assassinado na última quarta.

foragidos

O delegado Thiago Prado, titular da Delegacia de Roubos da Capital (DERC), da Polícia Civil (PC), divulgou, na noite desta quinta-feira (20), fotos dos dois suspeitos de terem participado do assassinato do vigilante da Adefal. 

Fabiano Otávio dos Santos, conhecido como “Zé dos Porcos”, de 30 anos, e Marcondes da Silva Paiva, conhecido como “Toninho”, de 24 anos, estão sendo procurados pela polícia.

De acordo com informações da polícia, Fabiano Otávio foi, provavelmente, a pessoa que atirou no vigilante. Ele é proprietário de uma moto de cor preta.

Os dois suspeitos residiam no bairro do Feitosa e deixaram o local após as incursões policiais. 

“Logo após o crime, as equipes de investigação da DERC e da Operação Policial Litorânea Integrada (OPLIT) passaram a trabalhar no caso e ainda na manhã do assassinato foi preso Jonathan Edinaldo da Silva, conhecido como “Pel”. Ele, além de integrar uma quadrilha composta por todos os elementos aqui indicados e outros ainda em apuração, teria dado cobertura no momento em que o executor investiu contra o vigilante”, disse a autoridade policial.

O delegado Thiago Prado acredita que com a divulgação das imagens de Fabiano e Marcondes as pessoas possam ajudar a polícia a localizá-los, passando informações pelo disque denúncia, no número 181. “A polícia continua com as buscas para prender os acusados”, frisou a autoridade policial.

Prisão

Jonathan Edinaldo da Silva, de 22 anos, foi preso pelas equipes da Polícia Civil prenderam, na tarde da quarta-feira (19), suspeito de participação na morte do segurança da Associação dos Deficientes Físicos de Alagoas (Adefal), Fábio Flávio dos Santos. 

Relembre o caso

O vigilante Fábio Flávio dos Santos foi assassinado a tiros após ser surpreendido por criminosos armados na sede da Adefal, no bairro do Farol. De acordo com a PM, a ação criminosa aconteceu por volta de 5h30, quando o vigilante abria o portão de entrada da associação.

Os bandidos o renderam, roubaram a arma que ele usava e deflagraram os disparos. Fábio era natural de Santa Luzia do Norte e estudava educação física na Universidade Federal de Alagoas (Ufal).

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário