Home NotíciasPolicia Operação prende dez pessoas suspeitas de integrar o PCC em Alagoas

Operação prende dez pessoas suspeitas de integrar o PCC em Alagoas

Por Alagoas Brasil Noticias

Outras nove pessoas, entre elas o líder da facção, já se encontram no sistema prisional

quadrilha

A Secretaria de Segurança Pública (SSP) apresentou as dez pessoas apontadas como integrantes do PCC e presas em flagrante durante operação deflagrada nesta sexta-feira (21). Outros nove suspeitos de envolvimento em crimes e que eram alvos dos mandados expedidos pela 17º Vara Criminal já se encontravam no sistema prisional. Três deles foram transferidos de Maceió para o Presídio do Agreste durante a manhã. Entre eles está José Ricardo Ângelo, que teria a função de comandar, de dentro do presídio, o PCC em Alagoas e outros seis estados do Nordeste. Ele também é apontado pela polícia como o mandante dos recentes ataques aos ônibus na capital.

No total, foram expedidos 25 mandados de prisão e 16 de busca e apreensão. As investigações que resultaram nas prisões foram iniciadas há três meses com o foco de identificar os líderes da facção PCC no estado. 

Foram presos em flagrante nesta sexta os suspeitos Carlos Magnum Lima dos Santos, de 23 anos; Débora Alves dos Santos, conhecida como “Deusa”, de 22 anos; Luciano Alves de Souza, conhecido como “Barriga”, de 34 anos; Dayane Avelino de Oliveira, a “Kimberly”, de 19 anos; Kamyla Cristine Costa da Silva, 27; Adilson Sales Amâncio, 39; Paulo Victor Pereira, 23; Flávio dos Santos Silva, conhecido como “Flávio Revisão”, 30; Michael Fabrício Mendes dos Santos, conhecido como Paulista, 29; e Marciel da Silva Figueiredo, conhecido como “Mago”, de 24 anos.

Já os reeducandos que também tiveram mandados expedidos contra eles nesta sexta são José Ricardo Ângelo, conhecido como “Ricardo Gordo”, de 30 anos; Wagner Lima da Silva, de 25; Alexandre Nunes Ferreira, conhecido como “Tonicalt”, 27; José Wilson da Silva, o “Ruan”, 34; Eduardo de Oliveira Silva, conhecido como “Mais Crime”, 26; Paulo Victor Pereira Salgueiro, 27; Davidson Davi Rodrigues dos Santos, o “Revoltado”, de 23 anos; Webson dos Santos Cavalcante, o “Transtornado”, 23; e Anderson da Silva Santos, o “Escorpião Mau”, de 26 anos. 

Reeducandos foram transferidos para o Presídio do Agreste

FOTO: ASSESSORIA SSP

Na ação policial, foram apreendidos 1,5kg de maconha e uma quantia em dinheiro de aproximadamente R$ 10,5 mil. Os mandados foram cumpridos em Maceió e em União dos Palmares.

Participaram da operação agentes da Delegacia de Repressão ao Narcotráfico (DRN), Asfixia, Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), Radiopatrulha, Batalhão de Polícia de Eventos (BPE), 1º e 5º batalhões de Polícia Militar (BPM), e 2º BPM com sede em União dos Palmares, e Grupamento Aéreo. 

Reeducandos (de uniforme vermelho) ordenavam crimes de dentro do sistema prisional

FOTO: RAFAEL MAYNART

De  acordo com o delegado, José Ricardo Ângelo é paulista e seria integrante do PCC. Há dez anos em Alagoas e há oito preso, ele exercia atualmente a função de comandar crimes também na Bahia, no Ceará, na Paraíba, em Pernambuco, em Sergipe e no Rio Grande do Norte, sempre dentro do presídio. Em Maceió, ele coordenava o tráfico nos bairros do Jacintinho e Feitosa.

Já Michael, que foi preso em flagrante, é apontado, segundo o major Rocha Lima, como a pessoa que alimentava o tráfico na região da Lagoa Mundaú. Com ele, a polícia também prendeu o suspeito Maciel, que, de acordo com o major, auxiliava-o na distribuição da droga.

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário