Home Uncategorized Prefeito de Anadia é acusado de retaliar povo após derrota

Prefeito de Anadia é acusado de retaliar povo após derrota

Por ABN - ALAGOAS BRASIL NOTICIAS

paulo-damasoApós a ressaca do resultado das eleições, o clima é tenso em Anadia. O atual prefeito, Paulo Dâmaso, derrotado nas urnas no último dia 02, começou a a tomar medidas impopulares que muitos associam a perseguição, como o atraso dos salários de servidores de cargos comissionados e contratados, e, retirada dos transporte dos universitários.

De acordo com informações recebidas, nem mesmo um setor essencial como a saúde, foi poupado. É que quem se dirigir ao hospital municipal, só encontrará atendimento médico às terças, quintas e sábados. O quadro de funcionários e carga horária, foram drasticamente reduzidos. 

Inconformado com a derrota, Dâmaso, ainda resolveu punir os estudantes que precisam se deslocar para outras cidades. Nesta segunda (24), alunos dos cursos profissionalizantes e universitários foram surpreendidos com o cancelamento do transporte que os levava para os municípios de Palmeira dos Índios, Maribondo, São Miguel dos Campos e Maceió.  Com a medida, muitos alunos estão preocupados em como terminar o ano letivo, já que a maioria não tem outro meio de locomoção. 

Oficialmente, a medida tem o objetivo de reduzir os custos nestes últimos meses de mandato, mas muitos afirmam que as determinações são uma retaliação ao resultado das urnas, e que o prefeito está correndo contra o tempo para cobrir o prejuízo que teve com a derrota. Funcionários e estudantes já estão se organizando para levar o caso ao Ministério Público (MP).

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário