Home NotíciasEsportes CRB vence clássico contra o CSA em partida válida pelo Alagoano Sub-17

CRB vence clássico contra o CSA em partida válida pelo Alagoano Sub-17

Por Alagoas Brasil Noticias

Galo venceu por 1 a 0 em jogo marcado por polêmica e jogador que passou mal.

rei-pele

A rivalidade entre CSA e CRB não se resume apenas entre as equipes principais de cada clube. A disputa é acirrada também entre as equipes de base. Na tarde deste sábado (29), o Azulão e o Galo se enfrentam pelo Campeonato Alagoano Sub-17 no Estádio Rei Pelé, onde o clube alvirrubro saiu vencedor pelo placar de 1 a 0. A equipe azulina ainda teve um pênalti não marcado e um jogador que precisou ser levado ao hospital após passar mal dentro de campo.

O jogo foi pegado para os dois lados, onde o primeiro tempo a equipe alvirrubra teve mais oportunidade, quando aos 15 minutos o meia Dudu abriu o placar para o CRB. O CSA sentiu o gol sofrido e não conseguia encaixar contra-ataques para tentar reverter o placar ainda no primeiro tempo.

O segundo tempo, o Azulão conseguiu dominar o jogo, criando mais chances de gol. Aos 35 minutos, uma bola alçada na área, a equipe azulina quase conseguiu empatar, mas a chance foi desperdiçada. Já aos 40 minutos, durante um cruzamento, a bola bateu no braço do jogador do CRB e o juiz marcou pênalti, mas voltou atrás após o bandeirinha sinalizar que não houve intenção do zagueiro, já que o braço estava supostamente junto ao corpo.

O lance gerou polêmica onde ambas as equipes pressionaram o juiz, mas ele manteve a decisão de não marcar a penalidade.

Zagueiro Weverton passou mal em campo e precisou ser levado para o HGE

Quase ao mesmo tempo, o zagueiro Weverton do CSA, caiu no gramado com dificuldades de respirar. Ao receber os primeiros atendimentos médicos ainda no Estádio Rei Pelé, o jovem levado de ambulância para o Hospital Geral do Estado (HGE). Segundo a comissão técnica do Azulão, o jogador teve uma queda brusca de pressão, onde o tensiômetro chegou a marcar 9 por 0, onde a pressão arterial normal giram em torno de 12 por 8.

A partida era válida pela última rodada do primeiro turno e a vitória deu a primeira colocação à equipe regatiana com 19 pontos. O CSA segue em segundo lugar com 16 pontos. Na próxima fase, as equipes podem se enfrentar para a disputa por uma vaga na grande final.

Para o técnico regatiano Jean Carlos, a vitória foi importante para dar ânimo aos jogadores, principalmente por ter sido em cima do maior rival. “Mesmo sendo jovens, eles já sabem o quanto é importante vencer um clássico. Vamos agora focar na próxima etapa e chegar ao título”, disse.

Já o treinador do CSA, Peu, os erros de arbitragem prejudicaram o resultado, assim como também o sol forte, devido à partida ter sido iniciada à 13h. “O sol, com certeza, prejudicou o nosso desempenho, assim como o juiz não ter marcado aquele pênalti. Vamos em busca de vencer a próxima partida para seguirmos firmes na briga pelo título”, finalizou.

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário