Home NotíciasPolicia Operação das policias de AL e SE cumpre mandos de prisão em Arapiraca

Operação das policias de AL e SE cumpre mandos de prisão em Arapiraca

Por Alagoas Brasil Noticias

Operação de combate ao tráfico de drogas já prendeu 25 pessoas, uma em Arapiraca.

operacao

Desde as 3h da madrugada desta segunda-feira (7), o Departamento de Narcóticos (Denarc) de Sergipe deflagrou em Aracaju (SE) a operação “Onça Pintada”, em parceria com a Polícia Militar (PM) e a Polícia Civil (PC).

Segundo a Secretaria de Segurança Pública de Sergipe (SSP/SE), o objetivo é combater a ação de um rede especializada em tráfico de drogas, com o cumprimento de 32 mandados de prisão preventiva. Até as 10h, 25 pessoas já tinham sido presas, uma em Arapiraca (AL).

A ação foi desencadeada após cinco meses de investigação, está sendo realizada em bairros da Zona Sul da capital, na Grande Aracaju e nos estados de Alagoas e São Paulo, com a participação de mais de 100 homens coordenados pelo delegado Osvaldo Resende, do Denarc. A polícia já apreendeu uma grande quantidade de drogas, arma, eletroeletrônicos e veículos. No estado do São Paulo a polícia cumpriu um mandado de busca e apreensão.

“A quadrilha é sergipana, mas tem essas ramificações por conta da facilidade na interação com outros marginais, principalmente dentro do presídio. Ainda temos equipes nas ruas fazendo cumprimentos, mas a maior liderança foi presa ainda no sábado (5), quando se deslocava entre os estados de Sergipe e Alagoas. Uma captura feita pelos homens do Denarc e da Rádio Patrulha”, informou o delegado geral da Polícia Civil, Alessandro Vieira.

Ainda segundo o delegado, a quadrilha movimentava uma grande quantidade de dinheiro e um volume expressivo de entorpecentes. “A localização em um bairro nobre de Aracaju ajudava nesta movimentação”, disse o delegado geral da Polícia Civil

Onça Pintada
A operação recebeu o nome de “Onça Pintada”, porque um dos locais onde está sendo executada em Aracaju (SE) é conhecido como Loteamento Pantanal, habitat natural do animal, localizado no Bairro Inácio Barbosa, Zona Sul. Da sede, o grupo criminoso articulava a distribuição do entorpecente para diversos locais da capital e outros municípios.

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário