Home NotíciasEconomia Vitória de Trump pode ameaçar exportação das usinas em Alagoas, avalia especialista

Vitória de Trump pode ameaçar exportação das usinas em Alagoas, avalia especialista

Por Alagoas Brasil Noticias

economia

A professora de Relações Internacionais da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) Andrea Pacheco Pacífico acredita que a vitória de Donald Trump para assumir a Casa Branca pode ameaçar a relação de exportação em Alagoas, no setor de cana-de-açúcar.

Em entrevista ao Jornal Gazeta de Alagoas, Pacheco citou que o protecionismo dos produtores dos Estados Unidos é uma das bandeiras não somente defendida por Trump, mas pelos membros do partido republicano.

“Sim, Alagoas pode estar ameaçada com relação à exportação de cana-de-açúcar para os Estados Unidos. O isolacionismo comercial, a proteção aos produtores dos Estados Unidos também é bandeira do Partido Republicano, bandeira do Trump. Foi defendida várias vezes nos discursos dele. Por isso, um dos motivos do Trump de sair do Nafta [Tratado Norte-Americano de Livre Comércio]”, declarou ela ao jornal.

Atualmente 85% do que produzido da cana-de-açúcar em Alagoas é exportado para o EUA, que é o principal comprador. A professora colocou ainda que não somente o setor alagoano poderá ser afetado, mas outros como o algodão, suco de laranja e o aço.

Apesar desse cenário, o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB) disse que a vitória de Donald Trump não vai alterar “em absoluto” as relações do Brasil com os Estados Unidos.

“O Brasil terá as mesmas relações e nós não temos dificuldade nenhuma, sobretudo porque a América Latina e o Brasil, especialmente, não foram sequer tema da campanha presidencial”, analisou Calheiros em entrevista à imprensa nesta quarta-feira, 9.

Mais cedo, o presidente Michel Temer (PMDB) já havia feito comentários na mesma direção, de que não devem ocorrer mudanças significativas na relação dos países.

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário