Home NotíciasEsportes Paysandu faz 1×0, CRB perde mais uma em casa e se complica na luta pelo acesso

Paysandu faz 1×0, CRB perde mais uma em casa e se complica na luta pelo acesso

Por Alagoas Brasil Noticias

Galo domina as ações, mas não consegue concluir em gol; ex-azulino definiu o placar com gol no segundo tempo, calando Rei Pelé lotado

crb

O CRB tinha tudo para deixar o gramado festejando nova vitória diante de seu torcedor. Na noite desta sexta-feira, o Galo voltou a campo para mais um compromisso pela Série B do Brasileiro, recebendo o Paysandu-PA, no Estádio Rei Pelé. Porém, o time do técnico Mazola Júnior, desfalcado, não criou o bastante e, sem forças, acabou punido no segundo tempo, quando o gol do meia Cleyton (ex-CSA) calou o Trapichão e praticamente anulou as chances de o Galo garantir o acesso.

Ainda na sexta colocação, o CRB segue com 55 pontos, mas ainda pode perder até duas posições no complemento da 36ª rodada, neste sábado – caso o Londrina-PR vença o Sampaio Corrêa, no Maranhão, e o Ceará supere o Vila Nova-GO em casa. 

Agora, o Galo já começa a voltar suas atenções para o duelo do próximo sábado, contra o Brasil, em Pelotas-RS. Para este compromisso, Mazola não poderá contar com o zagueiro Gabriel e o meio-campista Roger Gaúcho, suspensos pelo terceiro amarelo. 

Além destes, o atacante Zé Carlos precisou ser substituído no final após sofrer uma luxação no punho esquerdo. Em compensação, o volante Glaydson e o lateral Pery voltam a ficar à disposição.

Já o Paysandu, com o resultado fora de casa, chegou aos 48 pontos e assumiu, ao menos provisoriamente, a 12ª colocação. Sem nada aspirar – não mais mais corre risco de rebaixamento, muito menos de acesso -, o Papão volta a campo também no próximo sábado, para encarar o Vila Nova, em novo desafio longe de casa.

Foto – Gazeta Web

Torcedor regatiano voltou a comparecer em grande número

Jogo morno

O Galo entrou em campo com muitas mudanças em relação à equipe que iniciou o desafio da última rodada, em Juiz de Fora-MG. Mazola Júnior trocou Adalberto por Gabriel na defesa, enquanto Audálio substituiu Glaydson – além do volante, o lateral Pery também cumpriu suspensão. 

E sem Geandro e Luidy, lesionados, o treinador regatiano apostou em Roger Gaúcho no setor de meio-campo, com Gerson Magrão de volta ao time. Já no ataque, Welinton Júnior – destaque na vitória sobre o Tupi – fez dupla com Zé Carlos.

FOTO: AILTON CRUZ/GAZETA DE ALAGOAS

Welinton Júnior correu bastante, mas desta vez não conseguiu marcar

A torcida regatiana compareceu em grande número e, quando a bola rolou, o time da casa partiu para cima. O CRB dominava as ações, buscando as laterais para tentar surpreender o rival, mas não concluía bem as jogadas, com o Papão se limitando ao contragolpe.

Uma das poucas chances de gol saiu aos sete minutos, quando Magrão recebeu pela esquerda e cruzou no primeiro pau, buscando Welinton Júnior, que não conseguiu finalizar. A bola sobrou para Galdezani, mas Emerson deixou a pequena área para afastar o perigo com um soco na bola.

FOTO: AILTON CRUZ/GAZETA DE ALAGOAS

Lance do gol do meia Cleyton; bola acertou o canto direito do goleiro

Já  aos 24, foi a vez de o Galo desperdiçar a melhor oportunidade da primeira etapa. O lateral Diego cruzou da esquerda e Roger Gaúcho, livre de marcação, chutou de primeira, de frente para o gol, mas para fora, por cima da meta.

Gol e nada mais

No segundo tempo, Mazola trocou Roger Gaúcho pelo também meia Eder. Porém, o Galo seguiu com dificuldade no quesito criação, até que acabou punido aos 24 minutos, quando Cleyton dominou bola na entrada da área e soltou uma bomba. A redonda pegou efeito e morreu no cantinho direito do goleiro Júlio César: 1×0.

FOTO: AILTON CRUZ/GAZETA DE ALAGOAS

Pequena torcida do Papão fez a festa no Rei Pelé

Um  minuto depois, foi a vez do zagueiro Gabriel sair para a entrada do atacante Neto Baiano, com Audálio recompondo a defesa. O Paysandu ainda teve boa chance de ampliar em chute à queima roupa do atacante Tiago Luís, mas o time visitante tratou de administrar o resultado.

Já o Galo ainda teve outro zagueiro, Diego Jussani, substituindo o atacante Zé Carlos, que se lesionou em disputa de bola. O time alvirrubro foi para o tudo ou nada, mas não conseguiu sequer o empate no final.

Atacante Zé Carlos deixou o campo de jogo chorando

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário