Home NotíciasEconomia Pelo segundo ano seguido, AL registra queda de receita de royalties

Pelo segundo ano seguido, AL registra queda de receita de royalties

Por Alagoas Brasil Noticias

tnh

Pelo segundo ano consecutivo, Alagoas registra queda em relação aos royalties e participações sobre a produção de petróleo. De janeiro a outubro de 2016, o estado registrou um valor de R$ 18,7 milhões, bem abaixo do acumulado no ano de 2015 que foi de R$ 22,2 milhões.

 A receita total com petróleo no país diminuiu em torno de 14,5 bilhões e só no ano passado o total direcionado para os governos foi de R$ 8,7 bilhões. A queda afeta diretamente o caixa da União, estados e municípios contribuindo para a crise fiscal e financeira que está presente nos estados. Os royalties é visto pelos governantes como uma saída para a crise e era uma das alternativas, ainda a ser avaliada, para retirar o estado do Rio de Janeiro da crise que assola o estado.

Royalties é o valor pago pelas petroleiras à União e aos governos estaduais e municipais dos locais onde há produção de petróleo, para que assim elas tenham direito a exploração. As participações especiais é uma compensação adicional que é cobrada nos casos de grande volume de produção e rentabilidade.

A arrecadação destinada aos municípios é distribuída de acordo com a participação dos mesmos na produção total de petróleo no país, o que justifica a queda um pouco maior em alguns estados.

Dos R$ 14,5 bilhões arrecadados no ano, R$ 4,74 bilhões foram destinados a estados produtores e R$ 3,74 bilhões aos municípios. O valor de R$ 5,17 bilhões permaneceu com a União e R$ 800 bilhões foram destinados a fundos especiais.

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário