Home Municípios Justiça cassa registro de candidatura do prefeito eleito de Limoeiro e pode haver nova eleição

Justiça cassa registro de candidatura do prefeito eleito de Limoeiro e pode haver nova eleição

Por Alagoas Brasil Noticias

marcelo-limoeiroA Justiça Eleitoral decidiu, na tarde desta sexta-feira (18) pela cassação dos registros de candidatura e de seus respectivos diplomas de Marcelo Rodrigues Barbosa (PP) e Luciano Soares (DEM) que foram eleitos em 2016 prefeito e vice da cidade de Limoeiro de Anadia, no Agreste de Alagoas, pela coligação “Limoeiro no Caminho do Bem”.

A decisão do Pleno do Tribunal Regional Eleitoral de Alagoas (TRE/AL) anula o resultado do pleito eleitoral ocorrido este ano e uma nova eleição deve ser marcada para os próximos dias, já que o prefeito eleito recebeu mais de 50% dos votos válidos. O motivo, segundo a Justiça, tem como fundamento a propaganda eleitoral antecipada. Cabe recurso.

Na mesma decisão, publicada no Diário Eletrônico da Justiça Eleitoral, nesta sexta-feira (18) o Pleno aplica ainda a pena de inelegibilidade para as eleições a se realizarem nos próximos oito anos, nos termos do art. 22, inciso XVI da Lei Complementar 64/90. A pena também será aplicada ao atual gestor, James Marlan Ferreira, por atos de improbidade administrativa.

Na eleição de Outubro deste ano, Marcelo Rodrigues (PP) recebeu 8.024 votos (57%). O segundo colocado, Arthur Albuquerque (PMDB) recebeu 6.053 votos (43%) e caso a decisão seja confirmada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) os eleitores limoeirenses terão que voltar às urnas para eleger o prefeito que vai assumir em Janeiro de 2017.

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário