Home NotíciasPolicia Polícia diz que Daniel Thiele e casal baleado em assalto foram vítimas da mesma quadrilha

Polícia diz que Daniel Thiele e casal baleado em assalto foram vítimas da mesma quadrilha

Por Alagoas Brasil Noticias
 (Crédito: João Victor Souza / TNH1)

A Polícia Civil afirmou, durante coletiva na sede da Secretaria de Segurança Pública de Alagoas (SSP-AL), que o professor da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), Daniel Thiele, e o casal baleado no bairro Santo Eduardo, no último mês de outubro, foram vítimas de integrantes da mesma organização criminosa.

O delegado Felipe Caldas, responsável pelas investigações, explicou que oito suspeitos integram uma quadrilha relacionada ao tráfico de drogas, homicídios, assaltos e roubos de veículos em Maceió. Quatro deles foram presos pelo assassinato do professor Daniel Thiele, sendo que um também tem participação no assalto ao casal no Santo Eduardo.

De acordo com o delegado, através do monitoramento das câmeras da Ufal, foi constatada a presença de dois veículos rondando a região em diversos momentos, antes do crime, tanto dentro quanto nas imediações da Ufal. Através dessas imagens, a polícia chegou até o condutor de um dos carros, que teria dado suporte durante o assalto, identificado como Thiago Anderson, preso em flagrante por porte de drogas.

Através dele, a polícia chegou aos outros suspeitos: Anderson da Silva Lima, tido como o autor do disparo que assassinou Daniel Thiele; Luis Fernando Gonçalves de Oliveira, conhecido como “Nenoy”, e Fabiano da Silva Rocha, vulgo “Tuxinha”, que teriam auxiliado no crime.

A polícia acredita que a abordagem ao professor ocorreu entre a universidade e o aeroporto. Daniel teria reagido ao assalto, sendo assassinado com um tiro na nuca. Todos serão indiciados por latrocínio, organização criminosa e ocultação de cadáver. Mais uma pessoa ainda é suspeita de participar no crime ainda não foi encontrada. Ela aparece no mesmo veículo que Thiago durante as filmagens.ladrao

“Não vai mudar o que aconteceu, não vai recuperar a vida do meu irmão, mas traz de certa forma um alento, um consolo de que quem cometeu um crime vai pagar. Eles não fizeram isso apenas com o meu irmão, eles faziam de maneira sistemática, foi um desarticulada uma quadrilha bem articulada. Esperamos que a justiça agora tire esses criminosos do convívio da sociedade e evite que eles cometam crimes com outras pessoas inocentes”, lamentou o irmão da vítima, Marcelo Thiele.

Já em relação ao assalto no Santo Eduardo, que terminou com um casal baleado, no dia 20 de outubro, o delegado Felipe Caldas afirmou que Thiago Anderson, primeiro preso durante as investigações, também está relacionado a este caso.  Na ocasião, Leonardo Albuquerque foi atingido na coluna e Jéssica Valéria Ciqueira, de raspão na cabeça. A moto das vítimas foi roubada. Um suspeito ainda está foragido.

Os outros integrantes da quadrilha, que não tiveram participação nestes crimes, são Marcos Vinicius, de 23 anos, Elizeu Ramos, de 19 anos, Paulo Henrique, de 24 anos e Jaciano Moreira, de 30 anos.

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário