Home Alagoas Projeto da Uneal fica entre as cinco melhores ações inovadoras de AL

Projeto da Uneal fica entre as cinco melhores ações inovadoras de AL

Por Alagoas Brasil Noticias

 

uneal

O projeto “Estratégia para voluntariado de pesquisas voltadas às atividades do Cinturão Verde na Região do Agreste de Alagoas”, coordenado pelo professor Rubens Pessoa, do curso de Ciências Biológicas do Campus I- Arapiraca da Universidade Estadual de Alagoas (UNEAL), ficou entre as cinco melhores ideias de inovação no serviço público em 2016.

O resultado do concurso Ações Inovadoras, realizado anualmente pela Secretaria de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio (Seplag), foi revelado, em solenidade, na manhã de desta quarta-feira (23), no Hotel Jatiúca, em Maceió.

Apesar dos poucos recursos disponíveis, Rubens Pessoa e os voluntários do projeto disseminam, entre agricultores do Arranjo Produtivo Local Cinturão Verde, no interior do Estado, práticas sustentáveis de agricultura, baseadas nas pesquisas realizadas na academia. “Ficamos em quinto lugar, mas, para nós, foi como se tivéssemos ganhado o primeiro”, frisou o docente.

O pró-reitor de Extensão da Uneal, Orlando Ramos do Nascimento Júnior, ressaltou a importância do reconhecimento destas iniciativas pelo Governo do Estado e frisou o orgulho da instituição por ter profissionais que se destacam. “O professor Rubens está de parabéns por mais esse feito que coloca a Uneal entre os cinco melhores projetos de inovação do Estado”, frisou. 

Dentre os 23 projetos inscritos em todo o Estado, 15 foram classificados e somente cinco receberam a premiação. O secretário titular da Seplag, Christian Teixeira, destacou, durante o evento, a relevância do trabalho realizado pela UNEAL.

“O projeto das Ações Inovadoras é um dos mais importantes dentro das atividades existentes dentro do Mês do Servidor. Alagoas ainda tem muito que crescer, mas isso só acontecerá se houver esse incentivo àqueles que estão todos os dias desenvolvendo práticas que contribuem para o funcionamento daquilo que é público. Precisamos, mais do que nunca, mudar o pensamento de que o serviço público é ineficiente. Esses projetos, por exemplo, são provas concretas de que é possível fazer isso”, ressaltou o secretário.

Os estudantes voluntários do projeto também participaram da cerimônia, na capital do Estado.

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário