Anadia/AL

22 de outubro de 2021

Anadia/AL, 22 de outubro de 2021

Áudio sugere que Cabral sabia da sua prisão

Por Alagoas Brasil Noticias

Em 25 de novembro de 2016

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email
cabrall

cabrall

Interceptações telefônicas realizadas pela Polícia Federal e o Ministério Público mostram um diálogo entre uma mulher identificada como Fanny, que seria auxiliar da ex-primeira-dama do Rio Adriana Ancelmo, e o marido dela, identificado como Ricardo. Na conversa, a dupla sugere que o ex-governador Sérgio Cabral Filho (PMDB) já sabia da possibilidade de ser preso a qualquer momento.

Além disso, na conversa, indicam a possibilidade de ocultação ou destruição de provas – envolvendo um colaborador chamado Rodrigo, possivelmente ligado à Secretaria da Saúde. 

Em um trecho das gravações, os interlocutores comentam que o ex-governador soube minutos antes que seria preso: “Aí o Laviola veio e falou com a Célia assim: ‘Olha, Polícia pode bater aqui a qualquer momento. No que ele saiu, a Polícia bateu'”. Os dois nomes citados na conversa entre a auxiliar e seu companheiro não foram identificadas pela Polícia Federal.

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter