Home NotíciasEducação Escola de São Miguel dos Campos é campeã da Feira de Ciências de Alagoas

Escola de São Miguel dos Campos é campeã da Feira de Ciências de Alagoas

Por Alagoas Brasil Noticias

Em sua edição mais concorrida, Feceal teve empates no 2º e 5º lugares; todos os premiados ganharão bolsas de iniciação científica da Fapeal

sao-miguel

A Escola Estadual Tarcísio Soares Palmeira, de São Miguel dos Campos, foi a vencedora da quarta edição da Feira de Ciências do Estado de Alagoas (Feceal) com projeto de biodigestor anaeróbico. Este é o segundo ano consecutivo em que uma unidade de ensino de São Miguel dos Campos vence a Feceal: ano passado foi a Escola Ana Lins, com projeto de mão biônica.
 
A solenidade de premiação ocorreu nesta sexta-feira (25) na Escola Estadual José Correia da Silva Titara, no Cepa e os cinco primeiros colocados foram contemplados com bolsas de iniciação científica Pibic Jr da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Alagoas (Fapeal).
 
Com 29 trabalhos em competição, esta foi a mais disputada edição da feira, que, pela primeira vez, registrou um empate entre as escolas premiadas. Foi o que aconteceu no 5º lugar da premiação, compartilhado pelas escolas estaduais Cônego José Bulhões, de Dois Riachos e Benedito de Moraes, de Maceió. Novo empate no 2º lugar com as escolas estaduais Laura Chagas, de Santana do Ipanema; Inaura Casado, de Cajueiro e Manoel André, de Arapiraca. Já o 3º e 4º lugares da feira foram respectivamente das escolas Ana Lins, de São Miguel dos Campos e Marcos Antônio, de Maceió.
 
Ricardo Lisboa, superintendente de Políticas Educacionais da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), elogiou a qualidade dos trabalhos expostos. “São projetos de altíssimo nível que apresentam soluções para problemas que afetam a nossa sociedade”, disse Lisboa.
 
Já a coordenadora da Feceal, Nathally Marques, chamou atenção para o fato de que, pela primeira vez, todas as Gerências Regionais de Educação (Geres) enviaram trabalhos para a feira. “A cada ano, vejo as equipes cada vez mais empenhadas e com trabalhos belíssimos. Este ano, tivemos ainda o casamento perfeito da Feceal e da Mostra de Robótica”, avalia Nathally.
 
Trabalhos – A sustentabilidade e a preocupação com o meio ambiente foi a marca dos projetos vencedores da Feceal. Foi o caso do projeto Cidades Sustentáveis, da Escola Manoel André, de Arapiraca. “Pensamos em uma cidade que propicia não só o bem-estar para as pessoas, mas também para o meio ambiente que está sendo muito degradado”, conta a estudante Willyane dos Santos.
 
Emocionados, alunos e direção da Escola Estadual Tarcísio Soares Palmeira se mostraram surpresos com a conquista. “Foi uma alegria muito grande, pois sabemos da competência de nossos professores e alunos, que concorreram com excelentes trabalhos”, declara a diretora-geral Rosa Quitéria Gouveia.
 
Um dos mais empolgados do grupo, o estudante Cristiano Pereira já é um veterano de premiações da Feceal. Ano passado, quando aluno da Escola Ana Lins, também de São Miguel dos Campos, ele foi quinto lugar com projeto sobre aceleração de decomposição de sacolas plásticas. Ele explica como funciona o biodigestor campeão da Feceal.
 
“Um de nossos maiores problemas é o destino de resíduos e, por isso, criamos este biodigestor que decompõe a matéria orgânica por meio de bactérias fermentativas que produzem um biogás, que é um biocombustível renovável e um biofertilizante que pode ser utilizado como adubo para plantas”, revela.

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário