Home Brasil Ex-repórter de TV transmitia recados para organização criminosa, diz polícia

Ex-repórter de TV transmitia recados para organização criminosa, diz polícia

Por Alagoas Brasil Noticias
   (Crédito: Reprodução)

Cinco das 54 pessoas identificadas nas investigações da Operação Ethos ainda estão foragidas e tiveram a prisão preventiva decretada pela Justiça. Uma delas é Luana de Almeida Domingos, de 29 anos, inscrita na subseção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) da Lapa, zona oeste de São Paulo.

A advogada atuou também como repórter no programa Superpop, da RedeTV!, entre 2012 e 2015. No relatório da Polícia Civil, ela figura como uma das defensoras encarregadas de transmitir os recados dos líderes para os operadores do PCC em liberdade.

O escritório do criminalista Antônio Cláudio Mariz de Oliveira, que a defendia, informou que renunciou ao caso. O Estado não conseguiu localizar seu novo defensor.

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário