sma opções binarias erro mg17 operação em desacordo clear trade equipe trader agente autonomo de investimentos como funciona os investir em opções binarias como operar trade stop na binance olimpo opçoes binarias opções binárias o que é vale a pena agente autônomo de investimento trader forex trading faq robôs de negociação opções binárias the forex trading coach operando com fabio almeida trader como operar o meta trader 5 com click do mouse o ganho com opções binárias e real e legal é ilegal usar robos em opçoes binarias scalping opções binárias operar day trade interfere isenção swing trade
Home NotíciasPolitica Justiça manda prender mulher de Sérgio Cabral

Justiça manda prender mulher de Sérgio Cabral

Por Alagoas Brasil Noticias

 

ab

O juiz da 7ª Vara Federal Criminal, Marcelo Bretas, mandou prender nesta terça-feira (6) a mulher do ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral Filho (PMDB). O magistrado atendeu a pedido do Ministério Público Federal, na denúncia oferecida pelos procuradores contra os réus na Operação Calicute.

A Polícia Federal está nesta tarde na rua cumprindo o mandado contra Adriana. Cabral e outros nove acusados já estão presos em Bangu 8, presídio na zona oeste da capital fluminense.

Na última sexta (2), a PF informou que encerrou em 30 de novembro a primeira fase do inquérito da operação, que investiga o desvio de recursos públicos federais em obras realizadas pelo governo do Estado do Rio de Janeiro. O ex-governador e a ex-primeira-dama estão entre os indiciados, além de outras 14 pessoas.

Os crimes vão de corrupção passiva e ativa a organização criminosa e lavagem de dinheiro. De acordo com a PF, “serão instaurados ainda outros inquéritos policiais para aprofundamento de novas vertentes da investigação”.
Também foram indiciados Wilson Carlos Cordeiro da Silva Carvalho (ex-secretário de Governo); Carlos Emanuel de Carvalho Miranda (sócio de Cabral na empresa SCF Comunicação e apontado como recebedor de dinheiro sujo); Luiz Carlos Bezerra (ex-assessor da Presidência da Alerj); Hudson Braga (ex-secretário de Obras); Wagner Jordão Garcia (ex-assessor do governador); José Orlando Rabello; Carlos Jardim Borges; Pedros Ramos de Miranda; Luiz Alexandre Igayara; Paulo Fernando Magalhães Pinto Gonçalves (ex-assessor de Cabral e acusado de ser seu “laranja”); Luiz Paulo dos Reis; Alex Sardinha da Veiga; Rosângela de Oliveira Machado Braga; e Jessica Machado Braga.

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário