Anadia/AL

21 de outubro de 2021

Anadia/AL, 21 de outubro de 2021

UE do Agreste terá centro para tratamento a vítimas de AVC

Por Alagoas Brasil Noticias

Em 9 de dezembro de 2016

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email
hospital
Equipamentos e salas de UTI serão entregues ainda este mês

hospitalA saúde das pessoas que vivem em Arapiraca e mais 45 cidades do Agreste, Sertão e Baixo São Francisco está sendo tratada com muita atenção e compromisso pelo governo de Alagoas.

Como parte do projeto de triplicação dos leitos e do atendimento na Unidade de Emergência Doutor Daniel Houly (UEDH), o estabelecimento terá um moderno centro para tratamento de pessoas vítimas de acidente vascular cerebral (AVC).

No início da tarde desta sexta-feira (9), a assessora-técnica da Superintendência de Média e Alta Complexidade da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), Glaudia Medeiros, esteve na UE do Agreste, juntamente com a diretora-geral da unidade, médica Regiluce dos Santos, para acompanhar o andamento das obras de ampliação do prédio que está passando por reformas em sua estrutura física e recebendo novos e modernos equipamentos.

O Governo de Alagoas está triplicando a quantidade de leitos de enfermaria. Atualmente são 40 e passará a contar 120, além de garantir a ampliação da área de UTI, que hoje conta com sete leitos e oferecerá mais 13 unidades, totalizando 20 leitos exclusivos de UTI.

Além dos 120 leitos, as obras de triplicação na UE do Agreste estão em fase de conclusão para oferecer outros 10 leitos exclusivamente para atender pacientes vítimas de AVC, descentralizando o serviço do HGE, em Maceió.

Referência

De acordo com a diretora-geral da Unidade de Emergência Doutor Daniel Houly (UEDH), médica Regiluce dos Santos, o centro para tratamento de pessoas vítimas de acidente vascular cerebral contará com profissionais especializados, centro cirúrgico, salas de UTI e modernos equipamentos, como cardioversores, desfibriladores, monitores, ventiladores mecânicos, aparelhos de anestesia, endoscópio, bisturis elétricos, entre outros aparelhos de uso médico.

Regiluce dos Santos adiantou que a chegada do serviço para tratamento de pessoas vítimas de AVC vai permitir um reforço na humanização no tratamento dos pacientes e um atendimento seguro e ágil à população da 2ª Macrorregião de Saúde.

Ela esclareceu que a obra está modificando o perfil da Unidade de Emergência do Agreste, que passará a ser um hospital de grande porte para tratar os casos de traumas e doenças correlatas. Ainda na UE do Agreste, o governo já instalou um novo e moderno tomógrafo, que tem capacidade de realizar 50 exames por dia. O equipamento está em fase de testes, incluindo a capacitação dos profissionais para operar a máquina na realização dos exames em pacientes que serão atendidos na unidade.

A previsão é de que, até o fim deste mês, o governo estadual promova a inauguração das obras de triplicação e modernização da UE do Agreste, em Arapiraca.

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter