opçoes binarias corretiras opçoes binarias significado da para operar tape reading com o tryd trader supply and demand forex trading indicador mt4 mμορφέασ para opções binárias qual maquina posso usar para operar day trader operando trader de forma simples comco alocar valores na rico para operar day trade opçoes binarias no celular operações day trade como funciona o que é profit em opçoes binarias quanto investir para ser um trader operar assistido trade forex trading demo south africa aprenda investir em trade riscos de operar em renda variável swing trade candlestick opçoes binarias
Home Brasil Janot diz que Renan e aliado ocultaram origem de recursos

Janot diz que Renan e aliado ocultaram origem de recursos

Por Alagoas Brasil Noticias

Na primeira denúncia contra o presidente do Congresso, Renan Calheiros, na Operação Lava Jato, formalmente acusado de corrupção passiva pelo recebimento de R$ 800 mil, em 2009, o procurador-geral da República Rodrigo Janot destacou que o peemedebista e seu antigo aliado, o deputado Aníbal Gomes (PMDB/CE), “com vontade livre e consciente, comunhão de desígnios e divisão de tarefas, ocultaram e dissimularam, em favor do primeiro (Renan), a origem, a disposição e a movimentação desses recursos”.

Na avaliação de Janot, a circulação de valores incluiu o Diretório Nacional e Comitês do PMDB. Segundo o procurador, Renan se valeu da “interposição de pessoas físicas e órgãos diversos de pessoa jurídica, do Diretório Nacional e dos Comitês do PMDB por onde transitaram os recursos, e a mescla com valores lícitos, em operações distintas”.

“Essa mistura de ativos ilícitos com outros constitui mais uma modalidade independente de lavagem de valores denominada commingling (mescla)”, destaca Janot.

O procurador atribui a Renan corrupção passiva (por duas vezes) e lavagem de dinheiro, em dez operações. A denúncia envolve ainda o deputado Aníbal Gomes e o empresário Paulo Twiaschor, este por corrupção ativa e lavagem de dinheiro.

Em nota, a assessoria de Renan diz que ele “jamais autorizou ou consentiu que o deputado Aníbal Gomes ou qualquer outra pessoa falasse em seu nome em qualquer circunstância”. “O senador reitera que suas contas eleitorais já foram aprovadas e está tranquilo para esclarecer esse e outros pontos da investigação”.

O UOL procurou o deputado Aníbal Gomes. A equipe de seu gabinete disse que ele entraria em contato para se posicionar sobre a denúncia da PGR (Procuradoria-Geral da República).

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário