Home Alagoas Unicef fará reconhecimento internacional a 10 municípios de Alagoas

Unicef fará reconhecimento internacional a 10 municípios de Alagoas

Por Alagoas Brasil Noticias

 

unicef

Comumente presente em rankings negativos, como o que mede a taxa de assassinatos no país, Alagoas é destaque no Brasil entre os estados que terão municípios certificados pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef). A entidade vai entregar o “Selo Unicef” a gestores de dez cidades alagoanas por ações que garantiram direitos a crianças e adolescentes.

A solenidade de entrega acontece nesta terça-feira (13), entre 8h30 e 13h, no Planetário e Casa da Ciência de Arapiraca, localizado no Lago da Perucaba, no bairro Zélia Barbosa. 

Serão contemplados com a certificação os municípios de Arapiraca, Delmiro Gouveia, Piranhas, Limoeiro de Anadia, Coité do Nóia, Palmeira dos Índios, Quebrangulo, São Sebastião, Teotônio Vilela e Taquarana, por ações sociais desenvolvidas entre os anos de 2013 e 2016.

O Selo Unicef é um reconhecimento internacional às cidades que mais avançaram na redução de desigualdades sociais e na garantia de direitos de crianças e adolescentes. Foram avaliadas ações nas áreas de saúde, de educação e de proteção e participação social. 

A premiação reunirá gestores municipais e estaduais, técnicos e adolescentes. O evento faz parte do “Selo Unicef Município Aprovado no Semiárido”, que acontece em 10 estados. 

Conforme a entidade, foram convidados em 2013 para o programa 1.502 municípios de todo o país, dos quais 1.134 se inscreveram e 658 seguiram na iniciativa até 2016. Destes, serão 308 cidades certificadas, por terem realizado pelo menos 70% das ações previstas na metodologia.

“Avanços significativos podem ser observados não apenas nos 10 certificados, como também nos 26 municípios alagoanos que participaram desta edição do Selo Unicef até o final e foram avaliados”, explica a entidade em nota.

O Selo Unicef

O Selo Unicef Município Aprovado é uma iniciativa do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) para estimular os municípios a implementarem políticas públicas para diminuir as desigualdades e garantir os direitos das crianças e dos adolescentes previstos na Convenção Internacional sobre os Direitos da Criança e no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

A metodologia desta edição incluiu Ações Estratégicas e Indicadores de Impacto Social que envolvem sete direitos: de sobreviver e se desenvolver; de aprender; de proteger-se e ser protegido do HIV/AIDS; de crescer sem violência; de ser adolescente; de ser prioridade nas políticas públicas; e de brincar, praticar esportes e se divertir. 

O Unicef capacitou gestores e técnicos das secretarias municipais para qualificar a elaboração e execução das políticas públicas e para estimular que elas continuem após o fim de cada edição.

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário