Anadia/AL

22 de outubro de 2021

Anadia/AL, 22 de outubro de 2021

Após greve, servidores e técnicos da Ufal decidem retornar ao trabalho

Por Alagoas Brasil Noticias

Em 15 de dezembro de 2016

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email
uol

 

uol

Depois de 45 dias de greve, servidores e técnicos da Universidade Federal de Alagoas (Ufal) decidiram retornar nesta quinta-feira (15) ao trabalho. Eles estavam parados em sinal de protesto contra a tramitação da PEC 55, que congela os gastos públicos e foi aprovada pelo Senado.

Segundo um dos coordenadores do Sindicato dos Trabalhadores da Ufal (Sintufal), Davi Fonseca, a assembleia que decidiu pelo retorno às atividades foi realizada na última segunda-feira (12). A categoria paralisou as atividades no dia 31 de outubro em todos os campi do Estado.

“Nós seguimos em estado de alerta, mas como não houve negociação e nem abanco durante a greve, decidimos em assembleia retornar às atividades. O governo não recebeu o grupo”, explicou.

Em Alagoas são em torno de 1800 servidores e técnicos que trabalham na Universidade.

Os professores que também estão em greve desde o dia 28 de novembro, devem realizar assembleia na próxima semana para decidir se mantém a greve ou retomam os trabalhos. Na pauta, além do protesto contra a PEC 55, os professores lutavam contra a proposta de reforma do ensino médio.

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter