Home Alagoas Após greve, servidores e técnicos da Ufal decidem retornar ao trabalho

Após greve, servidores e técnicos da Ufal decidem retornar ao trabalho

Por Alagoas Brasil Noticias

 

uol

Depois de 45 dias de greve, servidores e técnicos da Universidade Federal de Alagoas (Ufal) decidiram retornar nesta quinta-feira (15) ao trabalho. Eles estavam parados em sinal de protesto contra a tramitação da PEC 55, que congela os gastos públicos e foi aprovada pelo Senado.

Segundo um dos coordenadores do Sindicato dos Trabalhadores da Ufal (Sintufal), Davi Fonseca, a assembleia que decidiu pelo retorno às atividades foi realizada na última segunda-feira (12). A categoria paralisou as atividades no dia 31 de outubro em todos os campi do Estado.

“Nós seguimos em estado de alerta, mas como não houve negociação e nem abanco durante a greve, decidimos em assembleia retornar às atividades. O governo não recebeu o grupo”, explicou.

Em Alagoas são em torno de 1800 servidores e técnicos que trabalham na Universidade.

Os professores que também estão em greve desde o dia 28 de novembro, devem realizar assembleia na próxima semana para decidir se mantém a greve ou retomam os trabalhos. Na pauta, além do protesto contra a PEC 55, os professores lutavam contra a proposta de reforma do ensino médio.

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário