Anadia/AL

22 de outubro de 2021

Anadia/AL, 22 de outubro de 2021

Deputados estaduais aprovam parecer do Projeto de Lei Orçamentária Anual

Por Alagoas Brasil Noticias

Em 20 de dezembro de 2016

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on email
lei-dcfv
Assembleia Legislativa Estadual (ALE)

Os deputados discutiram e votaram o parecer da Comissão de Orçamento, Finanças e Economia da Casa que trata do Projeto de Lei Orçamentária Anual para 2017 (PLOA 2017), estimando a receita e fixando a despesa do Estado de Alagoas durante sessão extraordinária realizada nesta terça-feira (20). O relatório do deputado Inácio Loiola (PSB), apresentado com emendas parlamentares na semana passada, tinha recebido pedido de vistas e, por conta disso, voltou ao plenário nesta terça. O deputado Bruno Toledo (PSD) se absteve de votar e o deputado Rodrigo Cunha (PSDB) votou contra. A sessão contou com 20 deputados em plenário.

A PLOA compreende o orçamento fiscal referente aos Poderes do Estado, seus fundos, órgãos e entidades da Administração Direta e Indireta, o orçamento de Seguridade Social, que abrange todos os órgãos, e o orçamento de investimentos em que o Estado, direta ou indiretamente, detém a maioria do capital social com direito a voto. O orçamento para 2017 está estimado em R$ 10.242.454.224,00 (dez bilhões, duzentos e quarenta e dois milhões, quatrocentos e cinquenta e quatro mil e duzentos e vinte e quatro reais).O parecer que trata do projeto de lei que dispõe sobre o tratamento tributário relativo ao Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) foi adiado devido a emendas apresentadas pelos deputados Rodrigo Cunha e Bruno Toledo.

Já o parecer que trata do projeto de lei de origem governamental que altera a Lei Estadual nº 7.070, de 15 de julho de 2009, autorizano o Poder Executivo a contratar e garantir financiamento junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), no âmbito do programa de modernização da administração das receitas e da gestão fiscal, financeira e patrimonial das administrações estaduais, foi aprovado.

Por fim, os deputados aprovaram os dois pareceres referentes ao projeto de lei que altera a Lei Estadual nº 5.077, de 12 de junho de 1989, que institui o Código Tributário do Estado de Alagoas, relativamente ao Imposto sobre Transmissão Causa Mortis e Doação de Quaisquer Bens ou Direitos (ITCD).

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter