social forex trading australia dicas para investir em opções binarias tributação opções binárias investimento em opções binárias o que são estratégia opções binárias negociar opções binárias e seguro como saber o sentido da operação trade op teck opçoes binarias reclame aqui das corretoras de opções binárias forex robots trading christmas new years eve opções binárias verdade ou mentira corretoras de investimento trader trade operação na bolsa g44 trader investir darf de operações com day trade como fazer onde ficam registrados os trades realizados por fundos de investimentos investing olymp trade
Home Alagoas Safra de cana-de-açúcar deve atingir mais de 690 milhões de toneladas

Safra de cana-de-açúcar deve atingir mais de 690 milhões de toneladas

Por Alagoas Brasil Noticias

 

safra

A produção de cana-de-açúcar deverá chegar a 694,54 milhões de toneladas, de acordo com o 3º Levantamento da Safra 2016/2017, divulgado hoje (20) pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). Isso representa um crescimento de 4,4% em relação à safra anterior, que foi de 665,59 milhões de toneladas.

A área a ser colhida está estimada em 9,1 milhões de hectares, aumento de 5,3% se comparada com a safra 2015/16, que foi de 8,6 milhões de hectares.

A produção de açúcar deverá atingir 39,8 milhões de toneladas, 18,9% superior à safra 2015/16, que chegou a 33,5 milhões de toneladas. A produção de etanol deve recuar 8,5% em relação à safra anterior, de 30,5 milhões de toneladas, ficando em 27,9 bilhões de litros. Segundo a Conab, a tendência se deve a maior rentabilidade do açúcar.

No caso do etanol anidro, utilizado na mistura com a gasolina, a produção deverá ter aumento de 1,5%, alcançando 11,4 bilhões de litros, impulsionado pelo crescimento do consumo de gasolina em detrimento ao do etanol hidratado. Na safra anterior, a produção chegou a 11,2 bilhões de litros. O etanol hidratado deverá atingir a produção de 16,5 bilhões de litros, redução de 14,3% ou 2,8 bilhões de litros, comparado à safra passada (19,2 bilhões de litros), resultado do menor consumo deste combustível.

No Sudeste, as chuvas atrasaram a colheita da safra anterior e houve aumento da quantidade de cana bisada para a atual safra, refletindo num aumento de 7,1% na produção total.

No Centro-Oeste as chuvas foram reduzidas, o que deve impactar numa redução de produtividade na ordem de 9,5% e recuo de 3,9% na produção.

No Nordeste deve haver diminuição da área colhida e aumento de produtividade. Isso se deve, entre outras coisas, a uma recuperação em relação ao déficit hídrico na safra passada.

A Região Sul apresenta maior aumento percentual de área no país. O Paraná deve colher, nesta safra, a cana bisada, que é a que sobrou da safra anterior. E na Região Norte, responsável por menos de 1% da produção nacional, a área cultivada aumentou, a exemplo dos últimos anos. Apesar disso, a produtividade teve redução, nesta safra, em face das más condições climáticas para o desenvolvimento do canavial, explicou a Conab.

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário