Home » Reforma da previdência deve encontrar resistência entre deputados alagoanos

Reforma da previdência deve encontrar resistência entre deputados alagoanos

Por Alagoas Brasil Noticias

 

alagoas

Uma matéria publicada pela Tribuna Independente mostra que – pelo menos entre os deputados federais alagoanos – o presidente Michel Temer (PMDB) não deve ter vida fácil em relação ao mais polêmico projeto que deve chegar à Câmara de Deputados no ano que vem: a Reforma da Previdência. 

Por sinal, será difícil para Temer encontrar aliados quando este é o tema. O enfraquecimento do governo já foi visível na derrota sofrida em relação ao plano de recuperação dos Estados. Quanto à Previdência – que é um tema bem mais espinhoso e que tem encontrado resistência na opinião pública – aí é que a vida do chefe do Executivo não é fácil mesmo. 

Os posicionamentos dos deputados alagoanos devem servir de termômetro, pois mesmo aqueles que foram favoráveis ao impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT) se mostram contrários. É o caso do deputado federal Cícero Almeida (PMDB). Ele avalia que a reforma como está posta não traz benefícios ao trabalhador do país. 

Almeida é seguido – nesta linha de raciocínio – por Ronaldo Lessa (PDT) e Rosinha da Adefal (PTdoB), que retornou à Câmara recentemente. 

Veja o que disse Rosinha da Adefal em entrevista à Tribuna Independente: “A proposta do governo federal é apreensiva e não é nada boa para o trabalhador brasileiro. As propostas da maneira que estão colocadas no projeto são assustadoras, a exemplo aumento da idade com base na expectativa de vida. Isso é muito preocupante”.

Lessa não apenas falou de seu voto, mas ressaltou que votar contrário é uma indicação do PDT na Câmara de Deputados. O parlamentar Givaldo Carimbão (PHS) também se posicionou chamando atenção para o que considera “riscos”. Em todo caso, é um tema que entra em pauta em 2017. 

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário