curso opções binárias turmas abertas sao luis ma investindo em açoes day trade impostos programa para acompanhar opções binárias in which countries is forex trading illegal trader clube investimentos operar como trade iq option digital opcoes binarias indicadores operação de day trade compra anteior terra investimento taxa day trade opções binárias é bom operações trader é ilegal ir sobre operações não day trade uma entrada certeira ao dia opções binárias revelando opções binárias 2018 margem operar ações day trade opções binárias são legalizado no brasil onde colocar operação day trade no ir 2019
Home Alagoas Crédito da casa própria recua mais de 40% no acumulado do ano até novembro

Crédito da casa própria recua mais de 40% no acumulado do ano até novembro

Por Alagoas Brasil Noticias

O volume de financiamentos imobiliários com recursos da caderneta de poupança somou R$ 41,2 bilhões entre janeiro e novembro deste ano, uma queda de 41,8% em relação ao mesmo período de 2015, informou nesta sexta-feira (23) a Abecip (Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança).

Em novembro, contudo, houve alta. O crédito imobiliário com recursos do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE) atingiu R$ 3,98 bilhões no último mês, alta de 9,2% em relação a outubro. O volume mensal financiado foi o quarto maior do ano, mas em relação a novembro de 2015, ainda houve queda de 2,7%.

No acumulado de 12 meses, entre dezembro de 2015 e novembro de 2016, foram destinados R$ 45,99 bilhões para aquisição e construção de imóveis com recursos da poupança, uma retração de 43,5% em relação aos 12 meses precedentes.

 
 

Menos unidades financiadas
Em novembro, 15,1 mil imóveis foram financiados nas modalidades de aquisição e construção, queda de 5,9% em relação aos 16,1 mil imóveis financiados em outubro. Comparadas a novembro do ano passado, as concessões foram 16,3% menores.

Entre janeiro e novembro de 2016, foram financiados 179,2 mil imóveis, um recuo de 43,9% em relação a igual período de 2015, quando 319,6 mil unidades foram objeto de financiamento bancário.

No acumulado de 12 meses, entre dezembro de 2015 e novembro de 2016, o crédito imobiliário viabilizou a aquisição e a construção de 201,17 mil imóveis, redução de 45,5% relativamente aos 12 meses precedentes.

Mais depósitos do que saques
Em novembro, pela primeira vez no ano, os depósitos nas cadernetas de poupança superaram os saques em R$ 2,6 bilhões, resultado muito superior ao registrado em novembro do ano passado, quando houve retiradas líquidas de R$ 962 milhões.

Entre janeiro e novembro de 2016, a poupança acumulou captação líquida negativa de R$ 40,2 bilhões, o que representou melhora em relação a igual período do ano passado, com saques de R$ 54,9 bilhões.

Contando a remuneração e a captação líquida, o saldo da poupança cresceu pelo terceiro mês consecutivo e voltou a superar a casa do meio trilhão – atingiu R$ 503,8 bilhões e superou em 0,5% o saldo de novembro do ano passado.

 

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário