sala de sinais free opções binárias como identificar suporte e resistencia opções binárias curso opções binárias melhor curso ganhei dinheiro com opções binarias oq os trader acham de semana para operar day trade aprender a operar hukum trading forex quero operar como trader fechar operação de mini contrato no swing trade o que é forex and crypto tradings download planilha de opçoes binarias operar swing no meta trader tempos de vela opções binárias indicador probabilistico equilibrio de ciclos opções binárias forex trading brokers in south africa livro trader investing operando 2 mini trader valir
Home Brasil Diário Oficial da União publica decreto com o novo salário mínimo de R$ 937

Diário Oficial da União publica decreto com o novo salário mínimo de R$ 937

Por ABN - ALAGOAS BRASIL NOTICIAS
Novo valor é R$ 57,00 a mais que o salário mínimo atual; segundo o o Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão informou que o reajuste significa um aumento de R$ 38,6 bilhões da massa salarial em 2017
Reajuste do salário mínimo foi de 6,43% (Foto: Agência Brasil)

Decreto assinado pelo presidente da República, Michel Temer, com o novo valor do salário mínimo, está publicado no Diário Oficial da União de hoje (30). O mínimo passou  de R$ 880 para R$ 937, e começa  a valer a partir de 1° de janeiro de 2017. O novo salário mínimo foi anunciado ontem (29) pelo governo federal.  

Em nota divulgada no início da noite dessa quinta-feira, o Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão informou que o reajuste significa um aumento de R$ 38,6 bilhões da massa salarial em 2017. Esse valor representa 0,62% do Produto Interno Bruto (PIB) e, segundo o governo, terá “efeitos positivos na retomada do consumo e do crescimento econômico ao longo do ano”.

No dia 15 de dezembro, o Congresso Nacional aprovou o Orçamento Geral da União para 2017 estabelecendo o novo salário mínimo no valor R$ 945,80. No anúncio oficial do valor, mais baixo, o governo explicou o motivo da alteração. A justificativa está no Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), utilizado para calcular o reajuste do mínimo e que foi menor do que o previsto inicialmente.

“A estimativa para o INPC em 2016 é de 6,74% calculada pelo Ministério da Fazenda, menor do que a previsão de 7,5% realizada em outubro quando do envio da Lei Orçamentária Anual de 2017 […]. No acumulado do ano, até novembro, o INPC está em 6,43%. Em virtude da inflação menor em 2016, o reajuste será menor do que o previsto na LOA [Lei Orçamentária Anual]. Trata-se, portanto, de aplicação estrita da legislação”.

Facebook Comments

você pode gostar

Deixe um Comentário